community
cancelar
Mostrando resultados para 
Pesquisar então 
Você quer dizer: 

Base de conhecimento - Português

O SAML (Security Assertion Markup Language) é uma maneira padronizada de trocar credenciais de autorização e autenticação entre partes diferentes. O uso mais comum para SAML é em logons únicos de navegadores da web. A partir de 2018.2, o Alteryx Server oferece suporte para SAML. Até agora, o SAML no Alteryx Server foi especificamente validado em dois provedores: PingOne e Okta. Neste artigo, revisaremos como configurar SAML no seu Alteryx Server para o Okta.   Parte 1: adicione o Alteryx ao Okta   Todo o processo começa com a configuração no lado do provedor de logon único. Este é um passo a passo de como adicionar o Alteryx como um aplicativo no Okta.   Observação: estas instruções são para a IU clássica. O console do desenvolvedor terá uma aparência diferente. Você pode alternar entre os modos de exibição no canto superior esquerdo do modo de exibição do administrador.   1. No Okta, no modo de exibição do administrador, navegue até Aplicativos e clique no botão Adicionar aplicativo.   2. Selecione Criar um novo aplicativo.     3. Selecione SAML 2.0 como o método de logon.     4. Digite um nome e logotipo (opcional) de aplicativo e clique em Avançar.    5. Na tela Configurar SAML, insira o URL de logon único como: http://NOMEDASUAGALERIA/aas/Saml2/Acs        Digite o URI de audiência (ID de entidade do provedor de serviços) como: http://NOMEDASUAGALERIA/aas/Saml2 e role para baixo.     6. Mapeie os atributos e-mail, firstName e lastName para os valores user.email, user.firstName e user.lastName respectivamente, clique em Avançar nesta página e em Finalizar na página seguinte.     7. Atribua o aplicativo para si mesmo e para quaisquer outros usuários necessários. Essa opção está em Atribuições de usuário no modo de exibição de aplicativo.       Parte 2: ajuste as configurações de sistema do Alteryx   Quando o Alteryx for adicionado ao Okta, será possível configurar SAML nas Configurações de sistema do Alteryx Server.   1. Nas Configurações de sistema do Alteryx, clique em avançar até acessar Gallery > Autenticação e selecione Autenticação SAML como seu tipo de autenticação. O campo URL base do ACS deve ser preenchido automaticamente com seu URL do Gallery.     2. Em Selecionar uma opção para obter os metadados exigidos pelo IDP, selecione "URL de metadados do IDP" ou "Certificado x509 e URL de SSO do IDP". Como qualquer uma dessas opções funciona com o Okta, sugerimos utilizar a opção "URL de metadados do IDP" porque simplifica a configuração. Se estiver interessado na configuração para a opção "Certificado X509 e URL de SSO do IDP", consulte este artigo para o PingOne.    Para o URL de metadados do IDP:   1. No Okta, clique no link Metadados do provedor de identidade, localizado logo abaixo da opção Exibir instruções de configuração na página Aplicativo > Entrar > Configurações.     2.  Esse link levará você a um arquivo XML que contém os metadados de SAML. Copie o URL que estará na guia do navegador após clicar nesse link.     3.  Cole o link do URL que você copiou no campo URL de metadados do IDP nas Configurações de sistema do Alteryx.     4. Visualize as instruções de configuração do Okta no modo de exibição de aplicativo em Entrar > Visualizar instruções de configuração, copie o URL do emissor do provedor de identidade e cole-o no campo URL do IDP nas Configurações de sistema do Alteryx.           5. Clique no botão para Verificar o IDP!       Pode surgir um pop-up alertando sobre a execução de scripts na janela pop-up. Esse é um problema conhecido, e deve ser possível contorná-lo clicando em "Sim" - talvez seja necessário clicar algumas vezes.   6. Deve aparecer uma tela de login do Okta. Forneça suas credenciais do Okta e selecione Entrar.     7. Se a sua verificação for bem-sucedida, será exibida uma mensagem no canto inferior direito da Tela de configurações do sistema. Observação: o primeiro usuário a entrar com sucesso no IDP por meio da verificação se torna o administrador padrão da Galeria (curador).     Agora você pode concluir as configurações de sistema do Alteryx clicando em Avançar nas opções de configuração restantes e, em seguida, em Finalizar.   Quando você navegar para o seu Gallery e clicar em Entrar, você deverá agora já estar conectado com suas Credenciais do Okta. Vivas!    
Ver artigo completo
Recentemente, recebemos várias perguntas relacionadas a certificados SSL, como instalá-los e como configurar o Alteryx Server para utilizá-los. Embora o Guia de instalação e configuração do Alteryx Server aborde como habilitar SSL para o Alteryx Server, esse guia não trata de como obter um certificado nem de como instalá-lo para que possa ser utilizado pelo Server.   Existem várias ferramentas e métodos que você pode utilizar para obter um certificado SSL para usar com o Alteryx Server.  Neste artigo, nos concentraremos em como utilizar o OpenSSL para criar uma Solicitação de assinatura de certificado (CSR) para enviar a uma Autoridade de certificação (CA), gerar um certificado autoassinado, instalar o certificado e configurar o Alteryx Server para usar o certificado.   Observação: se você não tiver o OpenSSL instalado em seu servidor, é possível baixar um binário pré-compilado do Win32 ou Win64 em https://slproweb.com/products/Win32OpenSSL.html. Lembre-se que o OpenSSL não é desenvolvido ou mantido pela Alteryx. Não temos nenhuma afiliação com o projeto OpenSSL ou com o fornecedor desse binário pré-compilado. Assim, fique à vontade para usar qualquer implementação do OpenSSL com a qual se sinta confortável.   Criar uma Solicitação de assinatura de certificado com o OpenSSL:   Para gerar uma CSR, abra um prompt de comando de administrador no seu servidor e navegue até o diretório que contém o OpenSSL.exe e o arquivo de configuração. De lá, execute o seguinte comando:   openssl.exe req -config openssl.cfg -out NomedoServidor.csr -new -newkey rsa:2048 -nodes -keyout NomedoServidor.key   Você será solicitado a responder algumas perguntas relacionadas à sua organização e ao servidor. Você pode utilizar a captura de tela abaixo para referência, mas lembre-se de que as respostas devem ser baseadas nas informações da sua organização e do seu servidor.     Esse comando criará dois arquivos no mesmo diretório com extensão .csr e .key. É preciso apresentar esses arquivos à sua CA para que seu certificado seja criado. Pode ser tanto uma CA interna quanto pública, como Verisign, GeoTrust, DigiCert, Entrust, StartCom etc. A CA fornecerá a você um certificado assinado como um arquivo .crt, .cer, .pem ou .pfx.   Criar um certificado autoassinado com o OpenSSL:   Você também pode utilizar o OpenSSL para gerar um certificado autoassinado. Embora isso não seja recomendado para ambientes de produção, existem diversas razões pelas quais se desejaria criar um. Entre elas, ambientes de desenvolvimento ou de laboratório e testes para confirmar a funcionalidade antes da compra de um certificado de uma CA pública. Independentemente da razão, é possível fazer isso com o seguinte procedimento:   Abra um prompt de comando de administrador e navegue até seu diretório do OpenSSL. De lá, execute estes comandos:   openssl.exe req -config openssl.cfg -x509 -sha256 -nodes -days 365 -newkey rsa:2048 -keyout NomedoServidor.key -out NomedoServidor.crt openssl.exe pkcs12 -export -out NomedoServidor.pfx -inkey NomedoServidor.key -in NomedoServidor.crt   O primeiro comando gera um certificado assinado (arquivo .crt) e uma chave privada (arquivo .key). O segundo comando cria um arquivo combinado de certificado e chave em formato .pfx a partir do certificado e da chave gerados. Tenha em mente que você será solicitado a responder as mesmas perguntas ou perguntas semelhantes que se estivesse gerando uma CSR. Veja as capturas de tela abaixo:       Observação: como mencionado anteriormente, não recomendamos o uso de certificados autoassinados em ambientes de produção.   Instalar o certificado:   Após receber o certificado assinado da CA ou gerar um certificado autoassinado, é preciso instalá-lo. Para instalar o certificado, é necessário abrir um Console de Gerenciamento Microsoft (MMC) para acessar o snap-in de certificados seguindo estas etapas:   Clique em Iniciar e, em seguida, em Executar. Na linha de comando, digite MMC e clique em OK. No Console de Gerenciamento Microsoft (MMC), no menu Arquivo, clique em Adicionar/Remover snap-in. Na caixa de diálogo Adicionar/Remover snap-in, clique em Adicionar. Na caixa de diálogo Adicionar snap-in autônomo, selecione Certificados e clique em Adicionar. Na caixa de diálogo Snap-in de certificados, selecione o botão de opção Conta do computador, pois o certificado precisa estar disponível para todos os usuários, e clique em Avançar. Na caixa de diálogo Selecionar computador, deixe selecionado Computador local: (o computador no qual este console está sendo executado) e clique em Finalizar. Na caixa de diálogo Adicionar snap-in autônomo, clique em Fechar. Na caixa de diálogo Adicionar/Remover snap-in, clique em OK.   O próximo passo é importar de fato o certificado. Para fazer isso:   Expandir certificados > Pessoal Clique com o botão direito do mouse em certificados em Pessoal. Selecione Todas as tarefas > Importar.     Isso abrirá o assistente de importação de certificados.     Clique em Avançar       Navegue até o arquivo de certificados fornecido pela CA ou o arquivo pfx gerado pelas instruções de autoassinatura. Clique em Avançar   Se estiver utilizando um certificado autoassinado ou se a CA tiver emitido um certificado que inclui a chave privada, a senha será solicitada. Caso contrário, essa etapa será ignorada pelo assistente de importação.     Digite a senha Marque a caixa para sinalizar essa chave como exportável Clique em Avançar   A próxima tela pedirá para confirmar o local onde deseja colocar o certificado. O repositório de certificados já deve estar definido como "Pessoal".      Se necessário, defina o repositório de certificados como Pessoal Clique em Avançar Na próxima tela, clique em Concluído.   Se estiver instalando um certificado autoassinado, é necessário repetir esses passos para definir o servidor local como uma autoridade confiável. Para fazer isso, instale o certificado uma segunda vez seguindo os mesmos passos acima. Porém, desta vez, instale-o no repositório das Autoridades de Certificação de raiz confiáveis, em vez do repositório Pessoal. É possível expandir as Autoridades de Certificação de raiz confiáveis clicando com o botão direito do mouse em certificados e escolhendo Todas as tarefas > Importar, ou alterando o repositório de certificados ao final do assistente de importação.       Configurar o Alteryx Server para utilizar o certificado:   Neste ponto, você pode seguir as instruções detalhadas do Guia de instalação e configuração do Alteryx Server para concluir a configuração. Como alternativa, você pode seguir com estas instruções simplificadas.   Primeiro é necessário coletar a impressão digital do certificado que foi instalado. É possível fazer isso em MMC > Certificados > Pessoal > Certificados, clicando com o botão direito do mouse no certificado instalado e selecionando Abrir. Isso abrirá um diálogo de certificado para o certificado instalado. Selecione a guia Detalhes e encontre o campo Impressão digital. Copie o valor e remova todos os espaços (por exemplo, 74d4ca722e2954cd225f9b4697d2fc7f6747194c)     Em seguida, é necessário vincular a porta http 443 ao certificado. Para isso, abra novamente seu prompt de comando de administrador. Execute o comando a seguir, certificando-se de substituir o certhash pelo valor de impressão digital capturado:   netsh http add sslcert ipport=0.0.0.0:443 certhash=‎74d4ca722e2954cd225f9b4697d2fc7f6747194c appid={eea9431a-a3d4-4c9b-9f9a-b83916c11c67}     Para verificar se a vinculação está correta, você pode executar o seguinte comando:   netsh http show sslcert       Observação: ao renovar um certificado expirado ou prestes a expirar, é necessário excluir a vinculação atual (netsh http delete sslcert ipport=0.0.0.0:443), capturar a impressão digital do novo certificado e vincular novamente o certificado utilizando as instruções acima.   Para a etapa final, é necessário configurar o serviço do Gallery para usar o SSL. Para isso, abra as Configurações de sistema do Alteryx e clique em Avançar até chegar ao Gallery > Geral. Assim que estiver lá, encontre a seção Endereço básico e marque a caixa para Habilitar SSL. Em seguida, clique em Avançar, Finalizado ou Concluído, conforme apropriado, para aplicar as alterações de configuração e reiniciar o serviço Alteryx.     Observação: o URL também deve coincidir com o nome para o qual o certificado foi emitido. Assim, se o certificado foi emitido para o nome de domínio totalmente qualificado do servidor (por exemplo, hostname.domain.tld), seu URL deve coincidir com isso utilizando https://hostname.domain.tld/gallery/. Se o certificado foi emitido apenas para o nome do host, é necessário utilizar https://hostname/gallery/. Se não houver correspondência entre o URL e o certificado, o serviço não será iniciado corretamente.       Versões aplicáveis: Alteryx Server 10.0 e 10.1 Créditos:
Ver artigo completo
O SAML (Security Assertion Markup Language) é uma maneira padronizada de trocar credenciais de autorização e autenticação entre partes diferentes. O uso mais comum para SAML é em logons únicos de navegadores da web. A partir de 2018.2, o Alteryx Server oferece suporte para SAML. Até agora, o SAML no Alteryx Server foi especificamente validado em dois provedores: PingOne e Okta. Neste artigo, revisaremos como configurar SAML no seu Alteryx Server para o PingOne.   Parte 1: adicione o Alteryx ao PingOne   Todo o processo começa com a configuração no lado do provedor de logon único. Este é um passo a passo de como adicionar o Alteryx como um aplicativo no PingOne.   Na janela de configuração do PingOne, em Aplicativos > Meus aplicativos, clique em Adicionar aplicativo e selecione Novo aplicativo SAML.     2. Preencha com o nome, a descrição e os detalhes do Alteryx. Em seguida, clique em Continuar para a próxima etapa.     3. Na próxima tela, baixe o arquivo de metadados SAML e mantenha-o aberto. Você precisará dele durante a configuração do sistema no lado do Alteryx Server.         Preencha o campo Serviço do consumidor de declaração com: https://SEUURLDOGALLERY/aas/Saml2/Acs         Preencha o campo ID da entidade com: https://SEUURLDOGALLERY/aas/Saml2    Clique em Continuar para a próxima etapa.   4. No Mapeamento de atributos do SSO, inclua os Atributos do aplicativo e-mail, firstName, e lastName, e defina o Atributo de identificação ponte ou valor literal de cada um para E-mail, Nome, e Sobrenome, respectivamente. Defina os três atributos mapeados de SSO como "Obrigatório".     Selecione Salvar e Publicar.     Parte 2: ajuste as Configurações de sistema do Alteryx   Quando o Alteryx for adicionado ao PingOne, será possível configurar SAML nas Configurações de sistema do Alteryx Server.   Nas Configurações de sistema do Alteryx, clique em avançar até acessar Gallery > Autenticação e selecione Autenticação SAML como seu tipo de autenticação.   2.  Existem duas opções para obter os metadados exigidos pelo IDP (Identity Provider), entretanto, como o PingOne está configurado atualmente apenas para autorizar Certificado x509 e URL de SSO do IDP, essa é a opção que deverá ser selecionada.     3. Deixe o campo URL base do ACS com o valor preenchido automaticamente.       O URL do IDP será o "entityID" listado nos metadados do SAML exportados do PingOne (Parte 1, Passo 3)     O URL de SSO do IDP será o atributo "SingleSignOnService Binding Location" no mesmo documento de metadados.     O certificado x509 pode ser copiado e colado a partir do documento de metadados SAML.     Observe: se a opção copiar/colar contiver retornos de carro, o serviço de autenticação falhará. Esse é um problema conhecido.  Tente primeiro copiar/colar o certificado em um editor, como um bloco de notas, para remover a formatação.   4. Quando todos esses campos tiverem sido preenchidos, clique no botão para Verificar o IDP!     5. Deve aparecer um login do PingOne. Forneça suas credenciais do PingOne e selecione Entrar.     6. Se a sua verificação for bem-sucedida, será exibida uma mensagem no canto inferior direito da Tela de configurações do sistema. Observação: o primeiro usuário a entrar com sucesso no IDP por meio da verificação se torna o administrador padrão da Galeria (curador).     Agora você pode concluir as configurações de sistema do Alteryx clicando em Avançar nas opções de configuração restantes e, em seguida, em Finalizar. Quando você navegar para o seu Gallery e clicar em Entrar, você deverá agora já estar conectado com suas Credenciais do PingOne. Vivas!  
Ver artigo completo
Esse é um erro muito comum que pode ocorrer se o serviço Alteryx (AlteryxService) for encerrado inesperadamente. Normalmente, o erro acontece porque o MongoDB não é encerrado corretamente e o arquivo de bloqueio não é liberado. Isso impede o MongoDB de iniciar na próxima vez que você tenta iniciar o serviço Alteryx e retorna uma mensagem de erro semelhante a:   "A conexão ao Mongo falhou, certifique-se de que as credenciais e o endereço do servidor estejam corretos."   Para solucionar esse erro, primeiro siga as etapas abaixo.   Identifique o local de instalação do MongoDB em Configurações do Sistema -> Controlador -> Persistência Abra o Explorador de pastas do Windows e navegue até essa pasta Verifique se o arquivo mongod.lock está diferente de 0 k Se esse arquivo contiver dados (normalmente 1 k), recomendamos clonar sua instância do servidor (em caso de danos) antes de prosseguir para as etapas abaixo. Para obter ajuda na clonagem da instância do servidor, entre em contato com o Suporte ao Cliente.   Exclua ou dê um novo nome para o arquivo mongod.lock Clique com o botão direito do mouse na janela e selecione Novo -> Documento de texto Renomeie o documento para mongod.lock (verifique se a opção Mostrar extensões está ativada para a pasta, caso contrário, esse arquivo ficará como mongod.lock.txt) Abra um prompt de comando do Windows e navegue até o diretório /Alteryx/bin (por exemplo, cd "/Program files/Alteryx/bin") Inicie o serviço MongoDB apenas para garantir que tudo esteja limpo:  mongod --dbpath "caminho da pasta das configurações do sistema" --auth --port 27018   Em caso de desligamento com erros, a realocação dos dados pode levar alguns minutos.  Procure uma linha contendo "Aguardando conexões na porta 27018". Quando ela aparecer, pressione Ctrl+C no teclado para desligar o serviço Inicie o serviço Alteryx.  Você pode fazer isso no prompt de comando com: sc start AlteryxService Verifique o Gerenciador de Tarefas -> Detalhes (ou Processos) para confirmar se os processos do serviço Alteryx estão funcionando Se o arquivo de bloqueio estiver OK    Abra um prompt de comando do Windows e navegue até o diretório /Alteryx/bin (por exemplo, cd "/Program files/Alteryx/bin") Execute o serviço Alteryx no modo de teste para identificar o erro real: AlteryxService test Se não for possível identificar facilmente o que está provocando o erro, envie-nos os arquivos de log de serviço (caminho encontrado em Configurações do sistema -> Controlador -> Geral)
Ver artigo completo
Tutorial: agendar um fluxo de trabalho em uma Galeria privada   Agendar um fluxo de trabalho, aplicativo ou pacote na Galeria da sua empresa permite a você automatizar um processo com uma determinada frequência, data e/ou hora. Como seu ativo está sendo executado em um computador servidor, não faz diferença se seu computador estiver ou não conectado a uma rede ou até mesmo desligado. Neste artigo, descreveremos como agendar um fluxo de trabalho em uma Galeria privada.    Pré-requisitos   Alteryx Server ≥ 11.0 Agendamento habilitado para a Galeria ou permissões de administrador (Curador da Galeria).    Procedimento           Um Curador da Galeria deve primeiro habilitar a capacidade de agendar processos na Galeria. Após fazer login, navegue até as opções de Administrador e clique na guia Trabalhos no lado esquerdo. Na parte superior da página, você verá um botão de opção que permite que esse recurso seja ativado e desativado:     2. Quando essa opção estiver habilitada, os usuários verão uma opção adicional quando selecionarem um fluxo de trabalho:     3. A seleção da opção Agendar fará com que as opções de agendamento apareçam, permitindo aos usuários selecionar a frequência, o tempo e outras opções relacionadas ao agendamento: 1. Observação: o Agendador é executado com base no fuso horário do próprio computador servidor, não do usuário realizando o agendamento. Isso significa que, dependendo da localização do usuário e do computador servidor, os agendamentos podem ser executados em horários diferentes dos configurados pelo usuário e isso deve ser levado em consideração durante o agendamento.     4. Para visualizar os resultados dos agendamentos, clique na página Resultados dos fluxos de trabalho. 1. Os usuários poderão ver apenas os resultados de seus agendamentos e execuções ad-hoc, com uma designação indicando as execuções manuais e as agendadas. Os Curadores (Administradores) da Galeria podem ver os resultados de execução de todos os usuários. 2. Os fluxos de trabalho chegam à fila do Agendador no momento em que são agendados. Se for feito o backup da fila, o fluxo de trabalho não será executado até que os recursos estejam disponíveis.   5. Existe também a opção de agendar um fluxo de trabalho pelo Designer em vez de fazê-lo pelo Gallery. Para isso, navegue até Opções > Agendar fluxo de trabalho. 1. É possível adicionar várias Galerias ou Controladores utilizando o botão Adicionar na parte inferior:   Computador apenas Após a adição de uma Galeria   2. Observação: os usuários que realizarem o agendamento pelo Designer continuarão a ver todos os fluxos de trabalho publicados no Gallery e todos os resultados de execução agendada para todos os usuários. 1. Os agendamentos configurados pelo Gallery não serão mostrados na guia "Agendamentos" da janela "Exibir agendamentos" no Designer. 2. Os resultados das execuções configuradas pelo Gallery serão mostrados na guia "Resultados" da janela "Exibir agendamentos" no Designer.
Ver artigo completo
Ao desenvolver fluxos de trabalho, nossos usuários devem enviar os fluxos de trabalho para o Server ou o Agendador contendo conexões com bases de dados.  Essa é uma fonte comum de erros se a configuração não for realizada corretamente.   Exemplos de erros: Não foi possível traduzir o alias Nome da fonte de dados não encontrado e nenhum driver padrão especificado Erros de permissões Para configurar uma conexão a uma base de dados, vamos revisar como o Agendador e o Server funcionam.   Ao publicar ou agendar um fluxo de trabalho, sob qual usuário ele será executado e como posso configurar minhas conexões para acomodar isso?   Ao executar um fluxo de trabalho localmente no Alteryx Designer, ele é executado sob o usuário que está conectado naquele momento.  Ao agendar ou enviar esse fluxo de trabalho para o Server, ele será executado sob a conta do sistema local (não sob o usuário conectado).  Se configurar sua base de dados para utilizar a autenticação do Windows, você poderá obter erros, pois o fluxo de trabalho será executado essencialmente sob um usuário diferente no Server e, portanto, não poderá ser autenticado.    Para evitar isso, é possível solicitar que seu DBA autorize a base de dados na conta do sistema local ou definir "Executar como usuário" nas configurações de sistema do Alteryx.  Definir "Executar como usuário" permitirá que o fluxo de trabalho seja executado sob credenciais diferentes. Observe que executar como as credenciais é uma solução de tudo ou nada e, quando definida, todos os fluxos de trabalho serão executados sob o usuário especificado.  Leia mais sobre isso aqui e aqui.  Com versões mais recentes do Alteryx Server, o administrador do Server pode ativar uma configuração que permite aos usuários definirem a execução por fluxo de trabalho quando estiverem executando do Gallery.  Leia mais sobre essa opção aqui.    Como configuro meus drivers?    Para se conectar a uma base de dados no Alteryx, é necessário ter um driver compatível instalado.  Para encontrar o driver compatível com sua base de dados específica, acesse nossa página de especificações técnicas e clique na sua base de dados.  Observe que também será necessário ter uma versão compatível da base de dados.   O driver precisa ser instalado em seu computador local, bem como no servidor, e é necessário que seja o mesmo driver.  Por exemplo, se você se conecta ao SQL Server usando o SQL Server Native Client 11 em seu computador local, o servidor também deverá ter o SQL Server Native Client 11.  Observe também que, se o seu Server tiver vários operadores, cada um deles deverá ter o driver.   Como configuro minhas conexões?   Conexões DSN Existem duas maneiras de configurar uma cadeia de conexão no Alteryx.  A maneira mais simples e comum é criar uma que faça referência a um DSN.  Essa é a maneira "padrão" de se conectar no Alteryx.  Você sabe se a sua cadeia de caracteres faz referência a um DSN porque ela geralmente terá a palavra "DSN".    Por exemplo: "odbc: DSN=MYSQL_PROD_DB"   Para verificar sua cadeia de conexão, consulte a ferramenta Dados de entrada após se conectar a uma base de dados ou vá para Opções > Opções avançadas > Gerenciar conexões de dados para visualizar suas conexões salvas.   Se desejar utilizar uma conexão DSN no Server ou no Agendador, é necessário certificar-se de que existe um DSN com exatamente o mesmo nome no servidor.    Além disso, é necessário ter cuidado ao configurar um DSN de usuário, a menos que você esteja usando a opção "Executar como" usuário.  As opções são configurar um DSN de usuário para todos os usuários, incluindo a conta Executar como, ou criar uma conexão DSN de sistema no Alteryx que funcione para todos os usuários.  Se você quiser criar uma conexão de sistema salva no Alteryx por meio da interface de gerenciamento de conexões de dados, é necessário executar o Alteryx como administrador para que a opção seja exibida.   Cadeias de conexão sem DSN   Se não desejar configurar DSNs, é possível escrever uma cadeia de conexão sem DSN.  Para isso, é preciso ter alguma proficiência com cadeias de conexão ou solicitar ajuda ao seu DBA.  Uma ótima referência para escrever as cadeias é connectionstrings.com.  Ao escrever essas cadeias de caracteres, a única diferença entre o que o site mostra e a configuração no Alteryx é a necessidade de adicionar odbc:(odbc) ou odb: (oledb) no início da cadeia.   Abaixo está uma amostra de cadeia de conexão sem DSN para o SQL Server (supondo que você esteja utilizando o driver do SQL Server Native Client 11). Exemplo de segurança padrão odbc: Driver={SQL Server Native Client 11.0};Server=meuEndereçodoServer; Database=minhaBasedeDados;Uid=meuNomedeUsuário;Pwd=minhaSenha; Exemplo de conexão confiável odbc: Driver={SQL Server Native Client 11.0};Server=mmeuEndereçodoServer; Database=minhaBasedeDados;Trusted_Connection=yes;   E as conexões de dados do Gallery compartilhadas com usuários?   Em geral, se você puder escrever uma cadeia sem DSN, essa é a abordagem mais fácil para conexões de dados do Gallery, já que ao compartilhá-las com os usuários, eles somente precisarão ter o driver correto instalado (nenhum DSN precisa ser configurado).  Se você utilizar uma conexão do Gallery que faça referência a um DSN, certifique-se de comunicar aos seus usuários que eles precisam configurar um DSN com o mesmo nome.    Também não se esqueça de compartilhar a conexão de dados do Gallery com o "Executar como usuário" no Server, caso esteja utilizando a autenticação do Windows para a base de dados.   Por último, verifique se os computadores servidores estão "conectados" ao Gallery, para que possam receber as conexões compartilhadas.
Ver artigo completo
Este artigo traz orientações sobre o processo de instalação do Alteryx Server e contém vários links para materiais relacionados. Observe que este artigo não substitui o guia oficial Ajuda do Server para administradores   O Alteryx Server inclui: Uma instância do Alteryx Designer hospedada no computador do Server, que funciona essencialmente como uma instalação autônoma do Alteryx Designer de administrador. Ferramentas preditivas (opcional) que instalarão macros baseadas no R para análises de Investigação de dados, Preditivas, Teste AB, Série de tempo, Agrupamento preditivo e Prescritivas. Alteryx Analytics Gallery, que permite aos usuários carregar e compartilhar seus fluxos de trabalho, macros e aplicativos. Agendador do Alteryx, que permite o agendamento de trabalhos regulares (diários, semanais, mensais etc.) para geração de relatórios ou automação por meio dos fluxos de trabalho do Alteryx. Um MongoDB (ou banco de dados SQLite), que armazena os arquivos e dados utilizados pelo Gallery e pelo Agendador. Suporte para executar fluxos de trabalho do Alteryx por linha de comando (Introdução à linha de comando do Server).    **Se estiver atualizando o Alteryx Server** Spoiler Interrompa o serviço Alteryx (AlteryxService). Faça backup do MongoDB. Consulte estes artigos: Backup e recuperação do Alteryx Server - Parte 1: melhores práticas Backup e recuperação do Alteryx Server - Parte 2: procedimentos Se estiver atualizando da versão 9.5 ou anterior, será necessário executar um utilitário de migração durante o processo de instalação para atualizar para o Mongo 3.0. Procure pela caixa de seleção abaixo: se perder esta etapa ou tiver outras dificuldades, consulte este artigo ou entre em contato com o Suporte ao Cliente para obter assistência. Certifique-se de que possui espaço suficiente em disco para comportar o tamanho do MongoDB existente. Como precaução de segurança, o serviço Alteryx não será iniciado se não houver espaço suficiente para um backup completo do MongoDB no computador servidor. Isso significa que, se houver centenas de aplicativos, trabalhos do Agendador e resultados de fluxos de trabalho carregados em um MongoDB de 20 GB, o servidor deverá dispor de, no mínimo, 20 GB de espaço livre no disco.  Interrompa o serviço Alteryx (AlteryxService). Faça backup do MongoDB. Consulte estes artigos:Backup e recuperação do Alteryx Server - Parte 1: melhores práticas Backup e recuperação do Alteryx Server - Parte 2: procedimentos Se estiver atualizando da versão 9.5 ou anterior, será necessário executar um utilitário de migração durante o processo de instalação para atualizar para o Mongo 3.0. Procure pela caixa de seleção abaixo:se perder esta etapa ou tiver outras dificuldades, consulte este artigo ou entre em contato com o Suporte ao Cliente para obter assistência. Certifique-se de que possui espaço suficiente em disco para comportar o tamanho do MongoDB existente. Como precaução de segurança, o serviço Alteryx não será iniciado se não houver espaço suficiente para um backup completo do MongoDB no computador servidor. Isso significa que, se houver centenas de aplicativos, trabalhos do Agendador e resultados de fluxos de trabalho carregados em um MongoDB de 20 GB, o servidor deverá dispor de, no mínimo, 20 GB de espaço livre no disco.  Instruções para instalação: 1. Faça o download da versão mais recente na Página de Downloads.     2. Execute o instalador com direitos de administrador.       3. Siga o assistente ao longo do processo de instalação. 4. Se desejar instalar as ferramentas baseadas no R, selecione Instalar ferramentas preditivas quando solicitado.     5. Se ainda não estiver licenciado, o assistente solicitará uma chave de licença.   Se essa tela não for carregada imediatamente, ela sempre poderá ser acessada de dentro do Designer.   6. Configure o Alteryx Server nas Configurações do sistema, que podem ser acessadas de três maneiras: Se você selecionou Configurar o Server agora na última página da instalação, elas serão abertas automaticamente. A instalação colocará um atalho na sua área de trabalho:   Pelo Alteryx Designer:   Configuração:   A configuração é um tema bastante extenso. Consulte o material de referência para obter mais informações: Ajuda do Alteryx Server para administradores Dimensionar o Alteryx Server: Considerações sobre o escalonamento do Alteryx Server Medir e dimensionar um Server privado Dimensionar um Server privado: cinco passos para uma produtividade melhor Migrar e dimensionar o MongoDB no Alteryx Server   Referências adicionais: Configurando o Alteryx Server para SSL: obtenção e instalação de certificados Executando o Alteryx Server em uma porta que não seja a 80 Um mergulho mais profundo no registro em log do Server Alteryx Server no Azure Implantando o Alteryx Server com o Chef   Como sempre, não hesite em entrar em contato conosco por meio do Suporte ao Cliente caso tenha qualquer problema.
Ver artigo completo
 As credenciais são a forma como controlamos quem tem acesso a quê em um computador ou uma rede. As credenciais são uma forma de impedir que as pessoas acessem dados, pastas ou conteúdo que não deveriam.     Os fluxos de trabalho em uma Galeria são executados no computador servidor onde o Gallery está hospedado. Por padrão, todos os fluxos de trabalho são executados como a conta de serviço. A conta de serviço em um computador terá as permissões da conta base configuradas pela sua equipe de TI.   Se um fluxo de trabalho precisar de mais permissões do que as concedidas para a conta de serviço para executar corretamente, há três opções disponíveis: Executar como usuário (Run as User Credentials), Credenciais do nível de inscrição (Studio/Subscription Credentials) ou Credenciais de fluxo de trabalho (Workflow Credentials).   As credenciais para os fluxos de trabalho do Gallery são um sistema de substituição baseado em prioridade. Se nada mais for definido, por padrão, o Gallery executará todos os fluxos de trabalho como a conta de serviço. Se a opção "Executar como credenciais" estiver definida, o Gallery utilizará como padrão a execução como as credenciais e assim por diante. Isso está ilustrado na pirâmide de credenciais abaixo.     Todas as credenciais de fluxo de trabalho devem ter a permissão para fazer logon como um trabalho em lote ou permissão para logon local no computador servidor. Sem essas permissões, a autenticação falhará. Para obter mais detalhes, consulte nossa documentação de ajuda sobre Executar como permissões.   Configurar credenciais na sua Galeria privada "Executar como usuário", que se encontra em Configurações do sistema > Operador > Executar como, é onde você pode alterar o padrão de como os fluxos de trabalho são executados, da conta de serviço para uma conta de sua escolha.       Quando essa opção estiver definida, todos os fluxos de trabalho da Galeria serão executados por padrão sob essas credenciais.   Os níveis de inscrição e de fluxo de trabalho sobrepõem-se às credenciais de serviço e "Executar como". O próximo estágio é a inscrição, que também é referida como Estúdio no Alteryx Gallery.   As credenciais do nível de inscrição são definidas pelo administrador da Galeria no Modo de exibição de administrador, em Inscrições. A opção "Credenciais padrão de fluxo de trabalho" está no final das Configurações de inscrição. O administrador da Galeria pode alterar as credenciais padrão de fluxo de trabalho selecionando a opção Alterar conta.     Nesta janela de seleção, será possível selecionar entre quaisquer credenciais de fluxo de trabalho criadas no Gallery (as credenciais de fluxo de trabalho são criadas na guia Credenciais de fluxo de trabalho, como demonstrado mais abaixo neste artigo).     As credenciais de inscrição são úteis para permissões em nível de departamento (por exemplo, as credenciais de fluxo de trabalho da equipe de Recursos Humanos concedem permissões diferentes das credenciais do departamento de TI).   As credenciais de fluxo de trabalho representam o nível mais alto das credenciais, portanto, sobrepõem-se todas as outras configurações de credenciais de fluxo de trabalho. As credenciais de fluxo de trabalho são adicionadas no Modo de exibição de administrador no Gallery, na opção Credenciais de fluxo de trabalho.     Há duas coisas importantes a serem observadas nessa página. A primeira é a opção para alterar a Configuração de credenciais para fluxos de trabalho.     Essa configuração tem três opções: usar credenciais padrão, exigir credenciais do usuário e permitir que os usuários selecionem a opção de credenciais.   A opção "Usar credenciais padrão" é selecionada por padrão. Essa opção executa todos os fluxos de trabalho como o "Executar como usuário" definido nas configurações do sistema ou, se disponível, como as Credenciais de inscrição.   A opção "Exigir credenciais do usuário" permite que os usuários insiram suas próprias credenciais sempre que executarem um fluxo de trabalho.     "Permitir que os usuários selecionem as opção de credenciais" autoriza os usuários a especifiquem os requisitos de credenciais para um fluxo de trabalho ao publicarem um fluxo de trabalho do Designer no Gallery. Existem três opções: "O usuário não é solicitado a especificar credenciais", "O usuário deve especificar suas próprias credenciais" ou "Sempre executar este fluxo de trabalho com estas credenciais".     O segundo aspecto a observar na guia Credenciais de fluxo de trabalho é a opção Adicionar novas credenciais, que permite adicionar novas credenciais à sua Galeria. Essas credenciais podem ser aplicadas a fluxos de trabalho ou usadas como credenciais de Estúdio.      Após criar as credenciais no Gallery, é preciso compartilhá-las com Usuários e Estúdios para uso. É possível editar com quem as credenciais são compartilhadas clicando na credencial…     ...e navegando até a guia Usuários e Estúdios.     Pensando na solução de problemas, nas versões do Alteryx Server >= 2018.1, é possível saber com quais credenciais um fluxo de trabalho foi executado na guia Resultados dos fluxos de trabalho.        Isso pode ser útil ao tentar descobrir por que um fluxo de trabalho não foi executado – talvez ele não tivesse as permissões necessárias.   Em resumo...   Conforme descrito anteriormente neste artigo, as credenciais para os fluxos de trabalho do Gallery são um sistema de substituição baseado em prioridade. Serão utilizadas as credenciais mais altas disponíveis. Se nenhuma opção de credencial for definida, o Gallery utilizará por padrão a conta de serviço, o que pode causar problemas porque as contas de serviço geralmente têm permissões limitadas.   Para obter mais informações, consulte a Documentação de Ajuda do Gallery.  
Ver artigo completo
Pergunta De quais informações o Suporte ao Cliente da Alteryx precisa para solucionar problemas no meu Server/Gallery/Agendador?   Resposta Se não houver uma solução rápida/direta, pode ser necessário fornecer capturas de tela, arquivos e/ou log de erros para que o Suporte do Server/Gallery possa ajudar a solucionar o problema.   Envie as seguintes informações por e-mail para support@alteryx.com ou, se os arquivos forem muito grandes, a equipe de Suporte ao Cliente estabelecerá outro meio de transferência a ser utilizado.   O que enviar?   1. Captura de tela do erro - Envie uma captura de tela da mensagem de erro. Clique em CTRL-PrintScreen para capturar o erro e cole-o em seu e-mail. Observação: você pode pesquisar o texto do erro no Google para ver se há alguma informação sobre esse erro específico. A Base de Conhecimento também é um ótimo lugar para pesquisar pelo texto do erro!   2. Captura de tela das configurações do sistema - Clique em Painel de controle >> Todos os itens do painel de controle >> Sistema. Precisamos saber as configurações do seu sistema para replicar os problemas que você está tendo em uma configuração semelhante.       3. Versão do Alteryx – Nossa equipe de Suporte ao Cliente precisa saber com precisão sobre as versões, para que possamos replicar quaisquer problemas. Qual versão do Alteryx você tem instalada? É possível descobrir no Alteryx clicando em Ajuda >> Sobre e obter uma captura de tela ou o número exato da versão.     4. Você está usando uma instalação Server ou Desktop? De administrador ou não administrador (usuário)?    Uma maneira de saber é verificar o caminho de instalação da sua instância do Alteryx:   Padrão para instalação de administrador – C:/Program Files/Alteryx     Padrão para instalação de não administrador (usuário) - C:/Users//AppData/Roaming/Alteryx         5. RuntimeSettings.xml – Esse arquivo nos fornece informações úteis sobre a configuração da sua instância específica. O local padrão é nos diretórios compartilhados acima, dependendo se sua instalação é de administrador ou não administrador (usuário). O arquivo RuntimeSettings.xml deve existir, mesmo que não esteja no diretório padrão, e deve ser possível recuperá-lo para compartilhar conosco por meio de uma pesquisa no disco pelo nome do arquivo:   6. Verifique o arquivo LastStartupError.txt Esse arquivo estará no mesmo caminho definido nas Configurações do sistema: Controlador >> Geral >> Registrar em log O padrão é: C:/ProgramData/Alteryx/Service Pode conter mensagens úteis para a identificação do problema.   Se este artigo foi útil, consulte também a Parte 2: De que o Suporte ao Cliente precisa para solucionar problemas do Server/Gallery/Agendador? nos logs do Alteryx/Windows !
Ver artigo completo
Pergunta De quais informações o Suporte ao Cliente da Alteryx precisa para solucionar problemas no meu Server/Gallery/Agendador?   Resposta Se não houver uma solução rápida/direta, pode ser necessário fornecer capturas de tela, arquivos e/ou log de erros para que o Suporte do Server/Gallery possa ajudar a solucionar o problema.   Envie as seguintes informações por e-mail para support@alteryx.com ou, se os arquivos forem muito grandes, a equipe de Suporte ao Cliente estabelecerá outro meio de transferência a ser utilizado.   O que enviar?   1. Logs-Logs-Logs! Os logs são a melhor maneira de chegar à raiz do problema ao examinar erros e avisos. Para os logs do Alteryx (Gallery, serviço e mecanismo), inclua os logs referentes ao momento do erro/falha (os logs imediatamente antes e depois do erro/falha).  Se o problema for contínuo, inclua os logs mais recentes.   Logs necessários: Gallery Serviço (Service) Mecanismo (Engine)   Caminhos padrão: Logs do Gallery (/ProgramData/Alteryx/Gallery/Logs) Logs do serviço (/ProgramData/Alteryx/Service/AlteryxServiceLog.log) Logs do mecanismo (/ProgramData/Alteryx/ErrorLogs)   Se você tiver o Server e não tiver logs nos caminhos acima, clique em Opções >> Configurações de usuário >> Configurações do sistema e veja os caminhos nos quais os logs são gravados. Em seguida, encontre e envie os logs desse local. Se o caminho ainda não estiver definido, escolha um caminho, execute novamente o fluxo de trabalho para criar o erro e envie os logs:   Localizando o caminho dos logs do mecanismo:     Localizando o caminho dos logs do serviço:   Localizando o caminho dos logs do Gallery:   Se você não está usando o Server, provavelmente está usando uma instalação Desktop com logs localizados em C:/Program Data/Alteryx/Engine.  Contudo, se você tiver uma instalação de desktop e não tiver logs nesse caminho, clique em Opções >> Configurações de usuário >> Configurações do sistema e veja os caminhos nos quais os logs estão gravados.  Em seguida, encontre e envie os logs.  Se o caminho ainda não estiver definido, escolha um caminho, execute novamente o fluxo de trabalho para criar o erro e envie os logs. Se não houver um diretório, marque "Substituir configurações do sistema" e insira um caminho para o "Diretório de log". Execute novamente o fluxo de trabalho para criar o erro e envie os novos arquivos de log.         2. Logs de eventos do Windows - Os logs de eventos apresentam informações de histórico que podem ajudar a rastrear problemas do sistema e de segurança. Forneça os logs do sistema e do aplicativo no formato evtx.   Opcional - apenas caso seja especificamente solicitado pela equipe de Suporte ao Cliente: No menu Iniciar do Windows, pesquise por “evento” e escolha Visualizador de Eventos. Expanda Logs do Windows, clique com o botão direito do mouse em "Aplicativo", selecione "Salvar todos os eventos como..." e salve como arquivo *.evtx Clique com o botão direito em "Sistema", selecione "Salvar todos os eventos como..." e salve como arquivo *.evtx     3.  Informações de sistema - Grava os eventos registrados em log pelo sistema operacional ou seus componentes, como a falha de um serviço na inicialização. As informações de sistema (conhecidas também como exe) mostram detalhes sobre a configuração de hardwares, softwares e componentes do seu computador, incluindo drivers. Opcional - apenas caso seja especificamente solicitado pela equipe de Suporte ao Cliente: Clique em Iniciar e, no campo Pesquisar programas e arquivos, digite msinfo32.exe.  Clique em Arquivo >> Salvar e salve como arquivo .nfo.      Consulte este recurso para obter mais informações sobre logs do Alteryx!
Ver artigo completo
A opção Executar o operador como um usuário diferente, também conhecida por "Executar como", nas Configurações do sistema, permite que o operador execute o mecanismo Alteryx como um usuário diferente.  Por padrão, o Agendador é executado utilizando a Conta do sistema local. Ao acessar esses outros ambientes, são recomendadas as credenciais com direitos de Administrador. Isso elimina qualquer chance de falha no fluxo de trabalho se as permissões forem alteradas para usuários não administradores.   Executar como usuário diferente:   Agendador: - Se o computador de um operador precisar executar fluxos de trabalho que acessem arquivos ou dados de um local que requer credenciais específicas para acesso, o computador poderá ser configurado para executar os fluxos de trabalho como um usuário ou conta especificados.   Server: - Quando um cliente enviar conexões de base de dados ao Gallery, ele deve enviar o aplicativo ao Gallery que funcione com as configurações do seu sistema. Caso contrário, o aplicativo falhará, pois não se conectará à instância local da base de dados em seu computador.   Alteryx > Opções > Opções avançadas > Configurações do sistema     Solução de problemas:   A execução do meu fluxo de trabalho funciona bem pela GUI, mas falha pelo Agendador.   Isso é pode ser um sinal de problemas de permissão.  Para que um fluxo de trabalho seja executado com êxito, ele precisa acessar os recursos aos quais está fazendo referência como unidades de rede, arquivos, conexões de base de dados e outros. Verifique todas as Entradas e Saídas para confirmar se as conexões são locais ou remotas.  Se você estiver se conectando a um compartilhamento de arquivos de rede, abra o Alteryx > Opções > Opções avançadas > Configurações do sistema e clique em Avançar até chegar em Executar o operador como um usuário diferente…….. e???   Eu configurei o Alteryx Server para executar fluxos de trabalho como um usuário especificado, mas a execução falha.   É possível ter esse problema se o computador do operador que está configurado para executar os fluxos de trabalho como um usuário especificado não tiver as permissões apropriadas na pasta do espaço de trabalho onde os arquivos estão armazenados. Clique duas vezes no ícone Configurações do sistema na sua área de trabalho para abrir a janela Configurações do sistema e verificar as seguintes configurações:   Identifique a pasta do espaço de trabalho especificada na tela Operador > Geral. Abra o Windows Explorer e navegue até essa pasta. Visualize as propriedades da pasta. Na guia Segurança, verifique se o usuário especificado em "Executar como usuário" existe na lista de usuários. Se não existir, adicione-o. Na mesma guia, destaque o usuário especificado e certifique-se de que ele possui as seguintes permissões: Modificar/Ler e Executar/Ler/Gravar. Eu configurei a opção Executar como e ela estava funcionando, mas agora meus módulos começaram a falhar. Verifique se a senha foi alterada recentemente. Informações adicionais:   As opções seguras e semi-seguras para o Alteryx Gallery só podem ser utilizadas se a configuração Operador > Executar como estiver habilitada.      
Ver artigo completo
Tutorial: agendar um fluxo de trabalho em uma Galeria privada   Agendar um fluxo de trabalho, aplicativo ou pacote na Galeria da sua empresa permite a você automatizar um processo com uma determinada frequência, data e/ou hora. Como seu ativo está sendo executado em um computador servidor, não faz diferença se seu computador estiver ou não conectado a uma rede ou até mesmo desligado. Neste artigo, descreveremos como agendar um fluxo de trabalho em uma Galeria privada.    Pré-requisitos   Alteryx Server ≥ 11.0 Agendamento habilitado para a Galeria ou permissões de administrador (Curador da Galeria).    Procedimento           Um Curador da Galeria deve primeiro habilitar a capacidade de agendar processos na Galeria. Após fazer login, navegue até as opções de Administrador e clique na guia Trabalhos no lado esquerdo. Na parte superior da página, você verá um botão de opção que permite que esse recurso seja ativado e desativado:     2. Quando essa opção estiver habilitada, os usuários verão uma opção adicional quando selecionarem um fluxo de trabalho:     3. A seleção da opção Agendar fará com que as opções de agendamento apareçam, permitindo aos usuários selecionar a frequência, o tempo e outras opções relacionadas ao agendamento: 1. Observação: o Agendador é executado com base no fuso horário do próprio computador servidor, não do usuário realizando o agendamento. Isso significa que, dependendo da localização do usuário e do computador servidor, os agendamentos podem ser executados em horários diferentes dos configurados pelo usuário e isso deve ser levado em consideração durante o agendamento.     4. Para visualizar os resultados dos agendamentos, clique na página Resultados dos fluxos de trabalho. 1. Os usuários poderão ver apenas os resultados de seus agendamentos e execuções ad-hoc, com uma designação indicando as execuções manuais e as agendadas. Os Curadores (Administradores) da Galeria podem ver os resultados de execução de todos os usuários. 2. Os fluxos de trabalho chegam à fila do Agendador no momento em que são agendados. Se for feito o backup da fila, o fluxo de trabalho não será executado até que os recursos estejam disponíveis.   5. Existe também a opção de agendar um fluxo de trabalho pelo Designer em vez de fazê-lo pelo Gallery. Para isso, navegue até Opções > Agendar fluxo de trabalho. 1. É possível adicionar várias Galerias ou Controladores utilizando o botão Adicionar na parte inferior:   Computador apenas Após a adição de uma Galeria   2. Observação: os usuários que realizarem o agendamento pelo Designer continuarão a ver todos os fluxos de trabalho publicados no Gallery e todos os resultados de execução agendada para todos os usuários. 1. Os agendamentos configurados pelo Gallery não serão mostrados na guia "Agendamentos" da janela "Exibir agendamentos" no Designer. 2. Os resultados das execuções configuradas pelo Gallery serão mostrados na guia "Resultados" da janela "Exibir agendamentos" no Designer.
Ver artigo completo
IMPORTANTE: a utilização do site do Alteryx Community indica que você aceita estes termos tais como apresentados, sem alterações. A Alteryx não aceitará adições ou exclusões. A qualquer momento, a Alteryx pode alterar, adicionar ou remover qualquer parte dos Termos de serviço ou qualquer parte dos serviços e recursos fornecidos no site. Se for esse o caso, a Alteryx atualizará os Termos de serviço aqui e poderá publicar essas alterações em outras parte do site. Se você não aceita estes termos, não utilize o site do Alteryx Community.   Caso você não aceite alguma alteração futura, você deverá interromper o uso do site. O uso contínuo do site sempre indicará a aceitação destes Termos de serviço e quaisquer alterações nos mesmos. Se você não aceita estes termos, não utilize o site do Alteryx Community.   FINALIDADE O Alteryx Community é um canal de suporte ponto a ponto e é o melhor lugar para as pessoas que utilizam os produtos da Alteryx obterem insights, colaborarem e inovarem. Embora essa comunidade seja projetada para clientes, parceiros, clientes em potencial e funcionários da Alteryx, qualquer pessoa interessada em combinação de dados e análise avançada de dados é bem-vinda a participar das áreas públicas. Esperamos que todos observem as regras de conduta do Community, estabelecidas nestes Termos de serviço.   CONDUTA Você não deve usar seu registro de inscrição (nem permitir que outra pessoa o use) para publicar ou transmitir: Conteúdo de ódio, abusivo, vulgar, obsceno, fraudulento ou que divulgue assuntos privados ou pessoais relacionados a qualquer pessoa. Isso inclui linguagem, informações ou imagens. Conteúdo ameaçador, difamatório ou abusivo, seja entre membros de um fórum ou direcionado a um funcionário ou gerente da Alteryx. "Agressões", "críticas inflamadas" ou ameaças legais contra a Alteryx ou outra empresa ou concorrente. Comentários de intolerância, de ódio ou racistas. Declarações ou comentários políticos ou religiosos. Comentários não relacionados aos temas de combinação de dados, análise avançada de dados e produtos da Alteryx. Qualquer material que você não tenha o direito de transmitir legalmente (como direitos autorais, segredos comerciais ou valores mobiliários) ou sob relações contratuais ou fiduciárias (como acordos de confidencialidade). Linguagem que promova ou trate de atividades ilegais com a intenção de cometê-las. Isso inclui qualquer mensagem que solicite ou promova o uso de uma substância ilícita. Publicidade, materiais promocionais ou outras formas de solicitação, incluindo correntes, esquemas de pirâmide, ações coletivas ou solicitações de caridade. Isso inclui links de publicidade em assinaturas. Qualquer arquivo ou link para arquivo que contenha vírus, arquivos corrompidos, "Cavalos de Troia" ou qualquer outro recurso contaminante ou destrutivo que possa danificar o computador de outra pessoa. Postagens duplicadas, mensagens de spam ou postagens repetidas em excesso em um ou mais painéis. Mensagens concebidas para contornar ofensas ou outros filtros. Números de telefone ou endereços pessoais (para proteção de privacidade). Endereços de e-mail pessoais, informações privadas, como números de previdência social, ou outras informações de contato que não sejam suas, incluindo, entre outros, endereços de e-mail de funcionários da Alteryx. Hiperlinks que levem a sites que violam qualquer um destes Termos de serviço ou as Diretrizes do Community. Qualquer mensagem que tente representar outra pessoa ou afiliação com uma entidade, incluindo, entre outras, a Alteryx. Violar intencionalmente qualquer outra lei ou regulamento aplicável ao acessar e utilizar nosso site. Interferir de qualquer forma nas operações do fórum ou na caixa de mensagens de um colega, incluindo, entre outros, bombardeio de e-mails ou de "postagens", bombardeio de notícias, outras técnicas similares, tentativas deliberadas de sobrecarregar um sistema e ataques de transmissões ou tentativas de evitar o bloqueio de mensagens. Evadir proibições ou suspensões ou ignorar as orientações da equipe do Alteryx Community. Os moderadores da Alteryx podem, a qualquer momento e sem aviso prévio, remover qualquer mensagem ou thread postado, excluir palavras de mensagens postadas que violem estes Termos de serviço e/ou banir sua conta por violar as disposições razoáveis acima. Lembre-se de que você é responsável por todas as declarações feitas e atos que ocorram por meio do uso de seu nome de usuário e senha. Quaisquer postagens ou conteúdos contrários ou que violem as Diretrizes do Alteryx Community. Quaisquer informações confidenciais da Alteryx ou informações confidenciais de qualquer cliente, parceiro ou outro terceiro.   Se você identificar qualquer violação destes Termos de serviço, notifique-nos utilizando o recurso "Denunciar conteúdo inadequado", no menu de Opções da mensagem, ou entrando em contato diretamente conosco pelo e-mail: community@alteryx.com   A utilização do site do Alteryx Community está sujeita aos termos e condições e à política de privacidade do site da Alteryx. Para obter informações sobre o aviso de isenção de responsabilidade do site da Alteryx e as práticas de privacidade da Alteryx, consulte a política de privacidade completa em: Termos e condições do site da Alteryx: http://www.alteryx.com/terms-and-conditions Política de privacidade da Alteryx: http://www.alteryx.com/privacy-policy   VIOLAÇÃO DE DIREITOS AUTORAIS Se você acredita que um trabalho seu foi copiado para o site do Alteryx Community sem sua permissão, avise-nos enviando uma notificação por escrito sobre a violação alegada para: Por correio: Copyright Agent, Alteryx, Inc., 3345 Michelson Drive, Suite 400, Irvine, CA 92612 Por e-mail: community@alteryx.com De acordo com o Digital Millennium Copyright Act, sua notificação deve incluir: Uma assinatura física ou eletrônica de uma pessoa autorizada a agir em nome do proprietário de um direito exclusivo que supostamente está sendo infringido. Identificação do trabalho protegido por direitos autorais que se acredita ter sido violado ou, se vários trabalhos protegidos por direitos autorais em um único site online estiverem cobertos por uma única notificação, uma lista representativa de tais trabalhos nesse site. Identificação do material que alegadamente está infringindo ou é objeto de atividade infratora e que deva ser removido ou cujo acesso deva ser desativado, e informações razoavelmente suficientes para permitir a localização do material. Informações razoavelmente suficientes para nos permitir entrar em contato com a parte reclamante, como endereço, número de telefone e, se disponível, um endereço de correio eletrônico pelo qual a parte reclamante possa ser contatada. Uma declaração de que a parte reclamante acredita de boa-fé que o uso do material na forma reclamada não está autorizado pelo proprietário dos direitos autorais, seu agente ou pela legislação. Uma declaração de que as informações contidas na notificação são precisas e, sob pena de perjúrio, que a parte reclamante está autorizada a agir em nome do proprietário de um direito exclusivo que supostamente está sendo infringido.   INFORMAÇÕES DO PERFIL DO USUÁRIO Podemos nos recusar a lhe conceder, e você não poderá utilizar, um nome de tela ou endereço de e-mail que já esteja sendo usado por outra pessoa, que represente outra pessoa, que pertença a outra pessoa (sem o consentimento prévio dessa pessoa) ou que viole a propriedade intelectual ou outros direitos de qualquer pessoa, que seja vulgar ou ofensivo, ou que rejeitemos por qualquer outro motivo, a nosso exclusivo critério. Concernente à utilização do site do Alteryx Community, você concorda que todas as informações fornecidas em seu perfil são precisas, verdadeiras, atuais e completas. A Alteryx pode encerrar sua conta se qualquer das informações fornecidas for considerada inexata, falsa, desatualizada ou incompleta.   CONTEÚDO GERADO POR MEMBROS O conteúdo encontrado no site do Alteryx Community vem de várias fontes, principalmente de membros do Community. A Alteryx não faz nenhuma declaração ou representação quanto à exatidão, integridade ou veracidade de qualquer material enviado ou encontrado nas áreas de discussão. A Alteryx não é responsável por nenhum link de site publicado nas áreas de discussão; os links de sites postados nas áreas de discussão podem estar vinculados a sites não administrados ou sob o controle da Alteryx e os usuários devem abrir tais links por sua conta e risco. A Alteryx não é responsável por quaisquer erros ou atrasos no conteúdo ou na transmissão de postagens no site. Lembre-se de que você é responsável por suas próprias decisões para agir mediante as informações fornecidas por membros do Community. A Alteryx não garante a confidencialidade ou privacidade de qualquer comunicação ou informação transmitida no site ou em qualquer site vinculado, ou relacionada de outra forma aos serviços, e a Alteryx não se responsabiliza pela privacidade dos endereços de e-mail, informações de registro e identificação, informações confidenciais ou segredos comerciais. Se você fornecer quaisquer ideias, sugestões ou recomendações sobre os produtos, tecnologias ou serviços da Alteryx (“Feedback”) nesse site, a Alteryx poderá usar esse feedback e incorporá-lo aos produtos, tecnologias e serviços da Alteryx sem pagar royalties e sem quaisquer outras obrigações ou restrições.   USO NÃO AUTORIZADO Se sua identificação de usuário ou senha estiver comprometida, ou se você tomar conhecimento de qualquer uso não autorizado de sua conta ou outra vulnerabilidade de segurança, você é responsável por nos notificar imediatamente. Você pode nos notificar enviando um e-mail para community@alteryx.com.   IDADE É preciso ter 13 anos de idade ou mais para acessar o site do Alteryx Community.   IDIOMA O inglês é o idioma do site do Alteryx Community.   MODIFICAÇÕES O Alteryx se reserva o direito de modificar estes Termos de serviço a qualquer momento, a contar da publicação dos Termos de serviço modificados no fórum.   ISENÇÃO DE GARANTIAS O serviço é fornecido "tal como se apresenta", sem garantia de qualquer tipo, expressa ou implícita. Você concorda expressamente que o uso do serviço é por sua conta e risco. A Alteryx não garante que o serviço será ininterrupto ou isento de erros, nem oferece qualquer garantia quanto a quaisquer resultados que possam ser obtidos pela utilização do serviço. A Alteryx não oferece outras garantias, expressas ou implícitas, incluindo, entre outras, quaisquer garantias implícitas de comerciabilidade ou adequação a uma finalidade específica em relação ao serviço. As opiniões expressas no site não são endossadas pela Alteryx.   LIMITAÇÃO DE RESPONSABILIDADE Sob nenhuma circunstância a Alteryx será responsabilizada por quaisquer danos a você ou outra pessoa, incluindo, entre outros, danos diretos, indiretos, incidentais, consequentes ou punitivos decorrentes ou relacionados a este contrato ou ao uso do serviço ou site. Seu único e exclusivo recurso em virtude do presente é cessar a utilização do serviço e encerrar este contrato.   INDENIZAÇÃO Você concorda em indenizar, salvaguardar e defender a Alteryx, seus acionistas, diretores, executivos, funcionários e agentes de e contra qualquer ação, causa, reivindicação, dano, débito, demanda ou responsabilidade, incluindo custos razoáveis e honorários advocatícios, declarados por qualquer pessoa, decorrentes de ou relacionados a: (a) este Contrato; (b) seu uso do site do Alteryx Community, incluindo quaisquer dados ou trabalhos transmitidos ou recebidos por você; e/ou (c) qualquer declaração caluniosa, difamadora, indecente ou outra declaração relativa a qualquer pessoa feita ou compartilhada por você.   LEIS E JURISDIÇÃO APLICÁVEIS Estes Termos de serviço constituem um acordo vinculativo. O não cumprimento destes Termos de serviço poderá resultar na revogação da conta e em outras ações legais. Estes Termos de serviço, as Diretrizes do Alteryx Community e os documentos relacionados apresentados aqui constituem o contrato integral entre você e a Alteryx e aplicam-se ao uso que você faz do site do Alteryx Community, substituindo todos os contratos anteriores entre você e a Alteryx. As leis do Estado da Califórnia, EUA, se aplicarão aos Termos de serviço e ao relacionamento entre você e a Alteryx, independentemente de conflitos de disposições legais. Você e a Alteryx concordam em submeter-se à jurisdição pessoal e exclusiva dos tribunais federais e estaduais da Califórnia, em Orange County, para a resolução de qualquer litígio relacionado a estes Termos de serviço.   © 2018 Alteryx, Inc.
Ver artigo completo
P: Onde posso ler sobre as políticas da Alteryx que afetam minha privacidade? R: Política de privacidade, Termos de serviço, Política de cookies da Alteryx   P: Onde posso visualizar e gerenciar minhas configurações de privacidade? R: Acesse Minhas configurações > Preferências > Privacidade para ver suas configurações sobre quais informações outras pessoas podem ver sobre você.   P: Onde posso visualizar e gerenciar minhas informações pessoais? R: Acesse Minhas configurações > Pessoal > Informações pessoais para visualizar informações como seu nome, localização e biografia.   P: Como posso parar de receber e-mails do Alteryx Community? R: Acesse Minhas configurações > Pessoal> E-mail, marque a caixa Não me envie e-mails do Community e clique em Salvar   P: Onde posso baixar uma cópia das informações associadas à minha conta? R: Acesse Minhas configurações > Pessoal > Informações pessoais e vá até a seção Downloads para obter uma cópia de suas informações pessoais e conteúdo que você enviou ao Community.   P: Onde posso excluir minha conta do Community? R: O encerramento da sua conta removerá dos sistemas do Community suas informações pessoais encontradas em Minhas configurações > Pessoal > Informações pessoais, além de medalhas, progresso no Alteryx Academy e casos de suporte criados pelo portal de suporte, e associará o conteúdo e qualquer outra forma de envolvimento (postagens, estrelas e soluções aceitas) a uma conta anônima. Seu nome de usuário do Community também será excluído do sistema e ficará disponível para ser utilizado por outro usuário.   A exclusão da conta é permanente. Se desejar voltar ao Community, será necessário inscrever-se novamente.   Para excluir sua conta, acesse Minhas configurações > Pessoal > Fechar conta e siga as instruções.
Ver artigo completo
O que é o ranking de usuários? O ranking de usuários é como um jogo que incentiva a participação, recompensa a qualidade e estabelece a reputação no Community. A cada membro do Community é atribuído um ranking com base em suas contribuições.   Existe uma lista dos rankings de usuários? Hipernova Supernova Nova Polaris Arcturus Altair Pollux Castor Nebulosa Aurora Magnetar Pulsar Quasar Bólide Bola de fogo Cometa Asteroide Meteoro Meteoroide Átomo Bárion Próton Matéria Matéria escura   Por que o tema astronômico? Seu trabalho é sério, mas sua experiência no Community não precisa ser. O tema astronômico é leve, divertido e, francamente, de fora deste mundo.   Como ganho um novo ranking? Os rankings de usuários são concedidos com base na combinação de vários tipos de atividade do usuário no Community. Resumidamente, quanto mais você participar, maior será seu ranking!   Quais recursos são desbloqueados com cada ranking? Não querermos estragar todas as surpresas, mas há alguns recursos importantes que merecem destaque: O recurso Private Messenger é ativado quando você alcança o status de nível Matéria. Ao chegar ao status de Meteoroide, será possível marcar outros membros da comunidade em suas postagens.   Quais são os critérios para cada ranking?  Não seria tão divertido se contássemos!   Onde meu ranking é exibido? Seu ranking será exibido na sua página de perfil, em cada postagem feita e no cartão de visita que aparece ao passar o mouse sobre seu nome de perfil.   Eu vi usuários com rankings que não estão na lista acima. O que significam? É verdade. Algumas pessoas - funcionários e parceiros da Alteryx, para citar algumas - têm classificações personalizadas para que você sempre saiba com quem está interagindo.
Ver artigo completo
Bem-vindo ao Alteryx Community!   Na Alteryx, somos apaixonados por capacitar as pessoas a fornecerem insights mais detalhados e mais rápidos com fluxos de trabalho intuitivos. Criamos este espaço como uma solução completa para tudo que diz respeito ao Alteryx, assim como um canal de suporte ponto a ponto para que essas pessoas possam se reunir, obter insights valiosos de seus colegas, colaborar e inovar em torno dos produtos Alteryx.   Embora nossa comunidade tenha sido projetada com os usuários do Alteryx em mente, todos que têm interesse em combinação de dados, análise de dados avançada e compartilhamento de insights são bem-vindos.   As diretrizes a seguir estão aqui para ajudá-lo a entender o que significa ser um membro do Alteryx Community. Não se esqueça de que o uso do Community está sujeito a essas diretrizes, nossos Termos de serviço e nossa Política de privacidade.   1. Seja respeitoso.   Os membros do Community vêm de funções, setores e níveis de especialização diversos, mas todos merecem se sentir confortáveis aqui. Respeite o tempo e a atenção das pessoas, fazendo perguntas bem pensadas e compartilhando o que você aprendeu até agora com a sua experiência ou pesquisa prévia. Ofereça uma ajuda honesta, mantenha um tom positivo, faça comentários construtivos e seja paciente com os outros (alguns de nós não são tão técnicos quanto outros!).   2. Seja relevante.   Certifique-se de que suas contribuições são relevantes para missão, estilo de discussão específico e tópico da Comunidade onde serão publicadas. Não poste mensagens duplicadas em áreas diferentes do Community para evitar discussões fragmentadas. Se tiver uma nova pergunta, inicie um novo thread em vez de interromper uma conversa.   3. Valorize os outros.   Mostre sua gratidão àqueles que ajudaram ou inspiraram você. Se achar que uma contribuição foi útil, dê a ela uma estrela ou aceite-a como uma solução para o problema em discussão. Estrelas e soluções ajudam a aumentar o valor das contribuições, tornando mais fácil para outros usuários as encontrarem e melhorando a reputação de seus autores.   4. Mantenha sua palavra.   Não publique nada que possa violar quaisquer acordos contratuais (direitos autorais, segredos comerciais ou outros) ou acordos de confidencialidade dos quais você faz parte.   5. Proteja a privacidade - a sua e a dos outros.   Não compartilhe nada sobre si mesmo ou sobre sua organização que você não gostaria de ver em um outdoor na estrada. Compartilhe seu endereço de e-mail comercial se desejar, mas não poste informações pessoais - suas ou de qualquer outra pessoa - incluindo informações de contato ou qualquer conteúdo recebido em comunicações individuais sem o consentimento do autor.   6. Lembre-se: este é um conteúdo gerado por usuários.   Você encontrará muitos bons conselhos aqui, mas lembre-se de que sua situação, configuração ou implantação pode ser diferente da pessoa compartilhando uma solução. Algumas orientações podem até estar erradas. Aplique aqui o mesmo bom senso que você aplicaria às informações obtidas em qualquer outro lugar da internet.   7. Sem esquemas   Naturalmente, se for relevante para a conversa, compartilhe informações sobre produtos e serviços de que você gosta. Mas não use o Alteryx Community para prospectar ou anunciar. Nossos moderadores proibirão isso. Se tiver algo que queira que os membros participem, comprem ou se tornem membros, pergunte-nos antes.   8. Direitos de moderador   A Alteryx reserva aos moderadores o direito de editar, mover, bloquear ou remover discussões, assinaturas ou imagens que considerem inadequadas ou perturbadoras para os membros do Community. Também podemos banir qualquer membro a nosso exclusivo critério. Sempre nos comunicaremos com você por meio de mensagens privadas para dar orientações ou informá-lo sobre uma decisão. Pedimos que você faça o mesmo se precisar comentar sobre uma ação relativa à moderação, para não atrapalhar o restante da comunidade. Não hesite em nos enviar uma mensagem privada.     O logotipo e os funcionários da Alteryx Alguns membros do Community têm um logotipo da Alteryx ao lado de seus nomes - isso significa que eles são funcionários da Alteryx.  Como você, eles são membros desta comunidade em torno dos produtos Alteryx e são incentivados a compartilhar seus conhecimentos e opiniões aqui.   Feedback e ideias Queremos que esta seja a melhor comunidade possível - por isso, nos diga o que acha ou como podemos ajudar a melhorar sua experiência no Alteryx Community deixando suas ideias no Community Lounge ou compartilhando suas ideias aqui: Melhore a experiência no Community.   Sabemos que você tem várias ideias para melhorar os produtos Alteryx, portanto, não deixe de acessar nossa troca de ideias sobre produtos, situada nas áreas designadas de produtos da Alteryx, para enviar novas solicitações de aprimoramento de recursos ou apoiar as solicitações existentes. Não se esqueça de ler nossas diretrizes de envio de ideias antes de postar!   Problemas Se você tiver perguntas que não podem ser discutidas no Community: Entre em contato com o Suporte ao Cliente Envie-nos um e-mail para community@alteryx.com   Ficaremos felizes em ajudar!   Conteúdo inadequado Se você perceber usuários violando as diretrizes, fique à vontade para orientá-los. Se você vir casos específicos de abuso, grosseria ou outras violações, sinalize para a equipe do Community selecionando "Notificar moderador" no menu "Opções" da mensagem e nos diga por que acha que o conteúdo é inadequado.   Se tiver alguma dúvida sobre nossas diretrizes, termos ou políticas, informe-nos.
Ver artigo completo
Políticas de certificação da Alteryx   Política de conduta do candidato   Para preservar o valor das certificações da Alteryx e garantir que apenas profissionais qualificados sejam certificados, os candidatos não podem se envolver em condutas que comprometam a integridade, a segurança ou a confidencialidade dos exames de certificação.   Exemplos de má conduta incluem, entre outros:   Trapacear - utilizar materiais não autorizados para passar em um exame (incluindo publicações de material de exame de terceiros e/ou não autorizados), fornecer ou aceitar assistência indevida ou violar as regras do exame. Uso indevido do exame - divulgar perguntas do exame ou copiar, vender, publicar, distribuir, reproduzir, usar ou divulgar o conteúdo do exame em qualquer formato (digital, impresso, verbal) antes, durante ou após o exame. Encorajamos os colegas a estudar e a se preparar para o exame juntos, mas é proibido divulgar e compartilhar perguntas e respostas do exame e/ou prestar assistência a outras pessoas durante o exame. Declarações falsas - personificação fraudulenta, envio de trabalhos que não são totalmente seus, aceitar ou permitir que outros façam um exame em seu nome. Alterar ou adulterar os resultados dos exames, falsificar ou alterar os certificados para distorcer o status da certificação ou apresentar a si mesmo como sendo certificado após a expiração de sua certificação. Má conduta conforme determinado por análise estatística. Acreditamos que a certificação deva ser acessível a todos, e é por isso que oferecemos exames online não supervisionados. Esse ambiente de exame exige certo nível de confiança nos candidatos. Como a má conduta não pode ser detectada durante o exame, utilizamos análise estatística dos dados do exame para identificar padrões indicativos de fraude. A Alteryx se reserva o direito de revogar o status da certificação, a nosso exclusivo critério, sem fornecer prova de má conduta.   Os materiais do exame são materiais confidenciais da Alteryx. É proibida qualquer divulgação do conteúdo do exame de certificação da Alteryx (perguntas, respostas, imagens, fluxos de trabalho, arquivos de dados, arquivos de início).   A violação dessas políticas pode resultar na revogação de quaisquer certificações existentes e a exclusão da participação em futuros exames ou programas de certificação da Alteryx.   Uso de credenciais e logotipos de certificação   Após a conclusão bem-sucedida dos requisitos de certificação, a Alteryx concede aos candidatos um direito pessoal não exclusivo e intransferível de usar a credencial e o logotipo de certificação obtidos em currículos, cartões de visita, material de marketing, papel timbrado e sites. É proibido alterar o logotipo ou usá-lo de maneira que desvalorize o programa de certificação da Alteryx.   Política de recertificação   As certificações expiram dois (2) anos após a data da obtenção da certificação. A data de obtenção é baseada na aprovação mais recente e de nível mais alto. Por exemplo, se você receber o certificado Core em novembro de 2017 e passar no exame Advanced em 29 de março de 2018, sua certificação expirará em 29 de março de 2020.   Para manter sua certificação, você deve fazer uma recertificação antes da data de expiração. A Alteryx oferece duas maneiras para a recertificação:   Ser aprovado no exame vigente para seu status de certificação. Por exemplo, ser aprovado na versão vigente do exame Alteryx Designer Advanced se você possuir certificação Advanced. Ser aprovado em um exame de nível mais alto. Por exemplo, se você possuir a certificação Core, você pode fazer a recertificação passando no exame Advanced.   Se você não obtiver a recertificação até a data exigida, sua certificação expirará e você perderá o direito de usar o logotipo da certificação ou de se declarar como titular dessa credencial de certificação. Quando a data de expiração estiver se aproximando, enviaremos um e-mail de lembrete para o endereço de e-mail associado à certificação. É sua responsabilidade monitorar a proximidade da data de expiração e respeitar as exigências da recertificação, mesmo se não receber os lembretes. Se desejar recuperar seu status de certificação após a expiração da certificação anterior, será necessário satisfazer todos os pré-requisitos para essa certificação como um novo candidato. Se sua Certificação Alteryx Advanced expirar, será necessário passar em ambos os exames Core e Advanced para recuperar seu status.     Baixe as Políticas de certificação da Alteryx Você pode encontrar mais informações sobre nosso programa de certificação no Alteryx Academy: Certificação em produtos da Alteryx
Ver artigo completo
Leia este artigo para aprender como começar a usar o Alteryx Designer.    Instalar o Alteryx Designer Qual Instalador devo usar? Especificações técnicas para utilizar o Alteryx Designer.   Pronto para começar a processar seus dados com o Alteryx Designer? Gerencie sua licença para remover os cadeados dourados dos ícones das ferramentas. (Somente em inglês) Familiarize-se com a interface do Designer assistindo a estes vídeos introdutórios. (Somente em inglês) Utilize a janela Resultados para obter informações sobre seus dados enquanto você os cria. Utilize a pesquisa global para visualizar as ferramentas disponíveis e consultar conteúdo relevante de Ajuda e do Community. (Somente em inglês) Confira estes casos de uso para ver o que outros usuários conseguiram alcançar com seus dados. (Somente em inglês)  Fontes de dados   Pronto para mergulhar na criação do seu primeiro fluxo de trabalho? Examine nossas Fontes de dados compatíveis. Utilize nossa ferramenta Dados de entrada para se conectar aos seus dados no Designer. Crie conexões a bases de dados para acessar dados armazenados em uma base de dados, como SQL ou Oracle. (Somente em inglês)   Community   Deseja ter acesso completo ao conteúdo criado pela equipe da Alteryx, por usuários avançados e gurus analíticos? Registre-se no Community , um lugar para usuários e criadores compartilharem recursos e ferramentas. (Somente em inglês) Esclareça suas dúvidas nos fóruns com usuários e especialistas do Alteryx. (Somente em inglês) Contribua com seus conhecimentos e experiências escrevendo postagens e respostas nos blogs . (Somente em inglês)   Alteryx Academy   Procurando por uma ferramenta de aprendizagem autogerida para melhorar seu desempenho ao longo de sua jornada no Alteryx? Confira o Alteryx Academy , uma instituição de capacitação que fornece ferramentas para levar suas habilidades a outro patamar. (Somente em inglês) Utilize as Aulas interativas para impulsionar suas habilidades. (Somente em inglês) Participe de Treinamentos ao vivo ou assista a uma sessão anterior para aprender com especialistas do Alteryx. (Somente em inglês) Conclua o Desafio Semanal para ampliar sua maneira de pensar sobre a resolução de problemas. (Somente em inglês)   Para além do básico   Pronto para aprimorar seus conhecimentos e expandir suas habilidades no Alteryx? Execute os Kits de início do Alteryx para ver o espectro dos nossos recursos, desde a integração de plataformas, como Tableau, Qlik e Salesforce, até insights de dados sofisticados, como análise de cestas de compras e testes A/B. (Somente em inglês) Domine uma ferramenta de cada vez aplicando as táticas utilizadas na Série Domínio de Ferramentas . (Somente em inglês) Aprenda dicas e truques para otimizar seu fluxo de trabalho ou para simplesmente tornar o processo de criação mais fácil e divertido. (Somente em inglês)   Continue a sua jornada   Pronto para utilizar tudo o que aprendeu e juntar-se à nossa crescente comunidade em análise de dados? Participe de grupos de usuários , disponíveis em todo o mundo, e converse sobre o produto e as possibilidades que serão abertas com o desenvolvimento futuro. (Somente em inglês) Junte-se a mais de 1.500 analistas de dados, líderes em negócios e parceiros da Alteryx no Inspire ! Esse evento focado no usuário inclui sessões de discussão com clientes, treinamentos sobre o produto e palestrantes renomados. Dê uma olhada nos anos anteriores e no que está por vir! (Somente em inglês) Teste suas habilidades com o Programa de Certificação da Alteryx , uma série de exames que demonstra sua proficiência, divulga sua expertise e promove sua marca pessoal na comunidade e no mercado mundiais. (Somente em inglês)   Seu relacionamento com a Alteryx   Ainda tem dúvidas? Nosso relacionamento não se resume ao treinamento. Entre em contato com seu diretor de contas para obter informações sobre preços, faturamento ou licenciamento. Entre em contato com a Equipe de Atendimento para produtos e licenciamento. Nossos clientes podem entrar em contato com o Suporte ao Cliente para todas as dúvidas relativas à configuração de ferramentas, ao desenvolvimento de aplicativos e macros e a outras questões relativas ao processamento de dados. Registre-se para participar de uma Sessão de integração ao vivo (somente em inglês), para que um funcionário apresente a você os recursos do Alteryx, incluindo: Ajuda Community (somente em inglês) Suporte ao Cliente (somente em inglês) O site da Alteryx Downloads e notas de versão
Ver artigo completo
Então – você se deparou com um problema e está travado.    Você pode estar lutando para resolver um problema que outros já solucionaram antes ou pode ter identificado um novo bug.     Você precisa de ajuda!    O que eu descobri, tanto no Community quanto em outros contextos, é que a estrutura e as informações fornecidas na postagem original determinam a rapidez com que uma solução pode ser encontrada para resolver o problema - e você quer mesmo é passar do problema para a solução com o menor número possível de ciclos, falsas partidas ou esclarecimentos.       Por isso, reuni neste guia algumas percepções que achei úteis quando estive nos dois lados das discussões e espero que elas forneçam dicas/ideias sobre como postar seu problema de maneira a encontrar a solução o mais rápido possível, para que você possa retomar seu trabalho!   Defina o que você quer: O ponto de partida é definir o que você quer e o problema que está tendo para chegar lá (os detalhes realmente ajudam).     @JoeM e @DanM têm uma estrutura muito útil para definir os desafios semanais, onde os dados iniciais e finais são fornecidos, com notas sobre o que o processo deve fazer.       Onde registrar a questão? Registrar seu problema/dúvida/ideia no lugar certo é fundamental para obter uma boa resposta.     Aqui está um guia sobre onde postar diferentes tópicos no site do Community:     O site é, de modo geral, dividido em: Introdução ao Alteryx e ao Community Componentes da plataforma Alteryx (Connect-Designer-Server-Promote) Cada componente da plataforma tem subseções que contêm Discussões Base de conhecimento Ideias Academy Blogs Alter.Nation Cultura e Eventos A seção de conhecimento em cada componente da plataforma pertence à equipe da Alteryx e é utilizada para criar artigos que ajudam a comunidade em geral. Cultura e Eventos é o local onde são publicadas atualizações sobre eventos da Alteryx (também pertence à equipe da Alteryx).  A seção de blogs contém conteúdo de autoria da equipe da Alteryx ou da comunidade (blog Analytics; blog Engine Works; notícias do Alteryx Community e blog Data Science) - esses são moderados pela equipe da Alteryx.   As principais áreas onde a comunidade pode publicar são Discussões e Ideias.   Seção Tópico Observações Ideias Ideias sobre produtos Qualquer ideia que você tenha sobre como melhorar um produto - modelos são sempre apreciados, assim como uma descrição de como isso ajudaria você ou sua equipe.   Melhorar a experiência no Community Como o Community poderia ser melhorado?   Discussões   Designer Perguntas e erros relacionados a todas as funções do produto DESIGNER. Incluindo: geografia, geração de relatórios, análises avançadas, macros, aplicativos e fontes de dados.   Server Perguntas e erros relacionados ao produto SERVER. Incluindo: instalação e configuração, Agendador, solução de problemas e adição de fluxos de trabalho do Designer.   Connect Perguntas e erros relacionados ao produto CONNECT.   Promote Perguntas e erros relacionados ao produto PROMOTE. Observação: se você detectar um defeito e conseguir replicá-lo, o melhor caminho é relatar diretamente para o Suporte ao Cliente.    Elimine o excesso: Quando estiver com problemas, tente remover tudo o que não for necessário, para isolar o problema.     Isso também ajudará a Equipe de Suporte e do Community a rapidamente se concentrarem no cerne do problema.   Antes: Depois:    Substitua: Você pode substituir partes da sua lógica no Alteryx que não são necessárias para criar o problema ou que você não pode distribuir (por exemplo, conexão a uma base de dados), com um simples “stub”.   Isso significa que você retira toda a lógica complexa e a substitui por algo simples e previsível como um controle Entrada de texto. Por exemplo, se o problema estiver em um fluxo complexo que envolva pré-processamento, leituras da base de dados etc. - e o erro ocorrer em uma ferramenta de saída ao final - é possível substituir toda a conectividade ou lógica complexa por uma Entrada de texto simples.   Exemplo: este fluxo pega cabeçalhos de vendas, detalhes e produtos de uma base de dados disponível publicamente e os sumariza para encontrar os cinco principais produtos por quantidade.   No entanto, estou tendo problemas com a parte de geração de relatórios, tentando criar a apresentação adequada.   Antes:   Em vez de enviar todo esse fluxo (que não funcionará de qualquer maneira porque as pessoas não têm acesso às minhas conexões com a base de dados), posso apagar todo o fluxo até a ferramenta Amostra e inserir os dados que estão atualmente armazenados na ferramenta Navegar em uma Entrada de texto.   Depois:   Esse fluxo agora está mais simples, focado na área do problema e é independente de sua conexão com a base de dados e/ou qualquer informação confidencial ou sensível da sua empresa (porque é possível alterar os dados para ocultar os números reais de vendas ao publicar).   OBSERVAÇÃO: tome cuidado com a propriedade intelectual de sua empresa ou cliente e, quando possível, utilize dados simulados ou alterados para demonstrar o problema.     Faça DE NOVO! Para um bug/defeito, a chave é conseguir recriar o problema, para que os desenvolvedores e outras equipes de suporte possam analisá-lo e entender o que deu errado o mais rápido possível.   Portanto, quanto mais informações você puder fornecer para replicar o problema, mais cedo será possível isolar esse bug (e, assim se espera, corrigi-lo).   Exemplos de informações úteis: O próprio fluxo de trabalho do Alteryx Captura de tela do erro Cópia dos dados de entrada (preferencialmente dentro do fluxo) Em se tratando de problema com uma base de dados, as definições de tabela ajudariam. Quaisquer informações críticas sobre a versão: A versão do Alteryx que você está usando Se for um problema de conexão a uma base de dados - qual a base de dados e versão que você está usando Versões do driver da base de dados (vá para Administrador de fonte de dados ODBC - captura de tela abaixo)     Espero que este guia dê algumas dicas sobre como postar seu problema para obter as melhores chances possíveis de uma solução rápida!   Solicitação: se houver algo que você acha que precisa ser alterado/adicionado ou qualquer outra dica útil que possamos adicionar a este guia, fique à vontade para comentar abaixo - vamos tornar este um documento vivo.
Ver artigo completo
O Alteryx Server tem se tornado cada vez mais popular à medida que os líderes em análise de dados procuram dimensionar o Alteryx para lidar com projetos e conjuntos de dados maiores e colocar a análise self-service de dados nas mãos de um número maior de tomadores de decisão. Organizações, incluindo desde pequenos varejistas e provedores de dados especializados até grandes corporações, como Southwest Airlines, Chic-fil-A e Western Union, fizeram o upgrade para o Alteryx Server para melhorar a produtividade dos analistas e melhorar a tomada de decisões.   Como um analista do ramo de negócios, você provavelmente sabe que precisa fazer com que suas práticas de análise estejam preparadas para o mundo corporativo, e talvez tenha começado a analisar o Alteryx Server e a pensar sobre seus próximos passos. Nesse ponto, começamos a receber mais perguntas sobre as práticas recomendadas para implantar o Alteryx Server, como ele é escalonado, questões de governança e muito mais. Por isso, conversei recentemente com nossos principais especialistas do Alteryx Server, Kory Cunningham, gerente sênior de produto para o Alteryx Server, e Gary Schwartz e Steve Ahlgren, que são líderes de desenvolvimento do Alteryx Server, para obter as respostas para algumas das nossas perguntas mais frequentes (FAQ). Aqui está o feedback que recebemos da equipe.   Obrigado pela leitura, Josh Howard Gerente de marketing de produto   Quais são alguns dos principais recursos do Alteryx Server pelos quais as pessoas podem se interessar?   KORY CUNNINGHAM - Existem vários, mas um dos recursos mais atraentes é a capacidade de aproveitar o hardware do servidor para que você possa implantar sua análise em escala e oferecer suporte a usuários simultâneos. Temos visto o Alteryx Server implantado em pequenos negócios de análise de dados com cinco pessoas até em empresas multinacionais com centenas de usuários. O segundo recurso é o agendamento. O Agendador oferece a capacidade de pegar fluxos de trabalho e processos analíticos e agendá-los para serem executados posteriormente, produzindo relatórios mais oportunos, e gerenciá-los de maneira automatizada para geração de relatórios diários, semanais, mensais. O terceiro é o Gallery. O Gallery é uma interface da web na qual você pode publicar fluxos de trabalho do Alteryx em uma galeria, para compartilhar com outros colegas e usuários corporativos para que eles obtenham o mesmo processamento analítico, mas sem precisarem ter o Alteryx instalado no desktop. Assim, alguém poderia se conectar a um navegador da web, acessar o Gallery e executar seus relatórios sem o Alteryx Designer. Na plataforma do Gallery, você também tem controle de versão e colaboração em fluxos de trabalho. É possível compartilhar, modificar e monitorar essas alterações por usuário e pelo momento em que a alteração ocorreu. Isso tudo faz parte da plataforma do Alteryx Server.   Conte-me sobre as configurações de implantação com suporte no Alteryx Server. Ele pode ser implantado em um ambiente virtual?   GARY SCHWARTZ – Sobre a configuração de implantação, estamos em um stack da Microsoft, então é tudo Windows. Oferecemos suporte ao Windows Server 2008 R2 e superior, e você pode ver as especificações técnicas recomendadas em nossa página Tech Specs.  Com relação à implantação, recomendamos que o Server seja executado em bare-metal, mas também é possível executá-lo em ambientes virtualizados. Na verdade, nós executamos nosso próprio Gallery em um ambiente virtualizado da Amazon. Fazemos testes em alguns ambientes virtuais, mas não oferecemos certificação técnica do Server nesses ambientes. Então, o Alteryx Server funciona bem em ambos os ambientes físicos e virtuais. O que precisa ser considerado é o conflito de recursos no computador físico. Se estiver sendo executado em um computador físico compartilhado por muitos, você poderá ter algum conflito de recursos. Você também deve considerar CPUs vs. vCPUs. Por exemplo, no Amazon você pode ter 4, 8 ou 16 CPUs, mas, na verdade, eles estão se referindo a vCPUs, que são metade de uma CPU real, e nossas especificações são baseadas em CPUs físicas. Tenha isso em mente.   Quais os tipos de autenticação fornecidos? SSO está disponível?   KORY CUNNINGHAM - No que diz respeito ao Gallery, há suporte para duas formas principais de autenticação. Uma é a autenticação integrada, que consiste simplesmente em e-mail e senha com os quais os usuários podem fazer login usando sua própria conta criada por eles ou pelo administrador. Também damos suporte à autenticação do Windows, incluindo suporte nativo para NTLM e Kerberos. Isso permite que os usuários do Gallery façam login utilizando as mesmas credenciais que provavelmente usam para se conectar a seu próprio computador e aproveitem seu diretório ativo existente para autenticação e gerenciamento de usuários para acessar o Gallery. E, a partir da versão 10.5, também introduzimos a capacidade de executar fluxos de trabalho como usuário, para que um usuário possa executar um fluxo de trabalho utilizando suas próprias credenciais em vez de usar uma conta de administrador do servidor global e obter acesso somente aos dados para os quais tem permissão.   Quantos usuários ou aplicativos uma implantação pode manejar?   STEVE AHLGREN – A resposta mais simples é que podemos lidar com um número virtualmente ilimitado de usuários e temos clientes com centenas de usuários no Alteryx Server. Mas, em vez do número de usuários, talvez seja mais importante considerar o número e os tipos de aplicativos que podem ser manejados. O lado bom do Server é que ele oferece escalonamento linear, então é possível adicionar mais recursos para manejar uma carga maior. Se você tiver disponível um hardware ou hardware virtual, podemos completar essa instância até sua capacidade, dependendo da carga esperada. O número de usuários simultâneos é limitado pelos serviços de front-end fornecidos pela sua infraestrutura interna ou de nuvem. Se você tiver um balanceador de carga, podemos escalonar para manejar ambas as cargas front-end e back-end.   Como ocorre o dimensionamento do Alteryx Server?   STEVE AHLGREN – Existem três pontos principais de escalabilidade e vou listá-los por ordem de probabilidade: Adicionando recursos de processamento de fluxo de trabalho a uma instância do servidor. Chamamos de Operadores de fila ou Operadores de renderização, que são instâncias de hardware físico ou virtual que processam fluxos de trabalho do Alteryx e renderizam peças de mapa, respectivamente. Os Operadores de fila executam o mesmo mecanismo Alteryx que é executado no produto Alteryx Designer. Existem duas maneiras principais de dimensioná-los, uma delas é escalonar horizontalmente, que significa adicionar mais operadores físicos ou virtuais em uma instância do servidor, e a segunda maneira é escalonar verticalmente, o que significa adicionar mais capacidade de operação a um nó físico existente ou adicionar mais hardware a um nó físico existente. Enfatizamos que maiores ganhos de desempenho serão obtidos por meio do escalonamento horizontal, pela adição de mais hardware físico e operadores físicos a uma instância existente do servidor. A segunda maneira de dimensionar é por meio do escalonamento do banco de dados back-end, que no nosso caso é o MongoDB. O MongoDB tem vários tipos de opções de escalabilidade para redundância e desempenho, e um deles ocorre por meio de conjuntos de réplicas. Os conjuntos de réplicas são uma maneira pela qual o Mongo obtém redundância e confiabilidade de dados, essencialmente gravando dados em vários nós ao mesmo tempo para garantir que exista pelo menos uma cópia dos seus dados o tempo todo. Se um nó cair, um novo nó assumirá o seu lugar e o servidor deverá permanecer ativo e em execução. Você também pode escalonar a base de dados por meio da fragmentação. A fragmentação tem mais desempenho e potencialmente permite o uso de tamanhos de disco menores, o que é importante se você estiver usando hardware virtualizado em uma infraestrutura do tipo Amazon. A terceira maneira de dimensionar é pelo Gallery. O Gallery é o serviço de front-end que maneja solicitações de usuário do cliente ou navegador da web. Esse é o meio menos provável de realizar o dimensionamento porque não tende a representar um afunilamento e depende do tipo de usuários e aplicativos que estão sendo executados, mas é possível escalonar utilizando um balanceador de carga. Na verdade, utilizamos todos os três métodos de escalonamento implantados em nossa própria instância do Alteryx Gallery público.   Qual o tipo de especificações de rede ou hardware necessário?   KORY CUNNINGHAM – Você pode encontrar toda a nossa documentação técnica em http://downloads.alteryx.com/, mas para uma instalação típica, recomendamos um computador quad-core de CPU única com 2,5 GHz e pelo menos 16 GB de RAM (ou mais) e uma unidade de estado sólido (SSD). A SSD faz uma grande diferença na velocidade da leitura e gravação dos dados. Outro ponto a ser considerado é a topologia de rede no que tange ao local do conjunto de dados. Por exemplo, se estiver comprando nossos dados de terceiros (e.g. Experian) eles podem ser instalados tanto no mesmo computador que o software do Server quanto em um local de rede. Mas instalá-los no Server é sua melhor opção em termos de desempenho e para mantê-los o mais próximo possível do mecanismo de execução ou do espaço de computação. Os dados também podem ser armazenados em uma rede que permita o armazenamento dos dados em um local remoto, o que é conveniente por possibilitar que vários computadores acessem e atualizem remotamente esses dados, mas exerce uma sobrecarga significativa no desempenho e você provavelmente verá degradação. No que se refere aos saltos ou links de rede que devem ocorrer em uma implantação de vários nós, é bom certificar-se de que eles sejam reduzidos ao mínimo. Tente, portanto, manter os computadores tão próximos quanto possível para evitar latência.   GARY SCHWARTZ – Outra coisa a se considerar em relação à rede e ao servidor em que o Gallery está sendo executado é a configuração adequada de um nome de domínio que os usuários possam acessar e que aponte para o servidor correto. Vimos muitos exemplos em que o DNS estava incorreto e os usuários não conseguiam entender por que não podiam acessar sua galeria. Além disso, com o Gallery, recomendamos a utilização de SSL ou TLS, o que significa que é necessário instalar um certificado no servidor que hospeda o Gallery, a menos que esteja trabalhando com um balanceador de carga. Trabalhe com sua equipe de TI para instalar o certificado SSL, o que pode ser bastante trabalhoso. Por último, o domínio em que o Gallery é executado precisa do nível apropriado de diretiva de confiança definido com os outros domínios nos quais os outros usuários trabalharão, para que o Active Directory possa resolver e determinar permissões em função disso.   Existe algum requisito de base de dados ou de servidor web de terceiros?   KORY CUNNINGHAM – O Server tem incluso todos os componentes necessários (por exemplo, servidor da web e base de dados) na própria arquitetura ou instalação. Dessa forma, tudo poderá ser instalado e configurado na instalação do Server. Para um computador com nó único, não há dependências adicionais, mas é possível que você comece a ver alguns requisitos de terceiros para um ambiente de vários nós se você fizer escalonamento. Se, por exemplo, você escalonar o Gallery, você precisará configurar um balanceador de carga para lidar com todo o tráfego da web. Na Alteryx, utilizamos o balanceador de carga elástico da Amazon, mas você pode usar algo como o F5 Networks ou o que seu departamento de TI usar. Como mencionado acima, caso queira escalonar a base de dados, está inclusa uma versão incorporada do MongoDB. Mas se você começar a tirar proveito dos conjuntos de réplicas do Mongo para obter alta disponibilidade, redundância e confiabilidade, precisará gerenciar seu próprio nó de base de dados do Mongo. Recomendamos que você consulte as especificações, a instalação e as práticas recomendadas do Mongo para essa configuração. Para além desses casos, não há requisitos de terceiros.   GARY SCHWARTZ – Eu também mencionaria que recebemos muitas perguntas sobre o servidor web. O servidor web e a base de dados são inclusos na arquitetura, mas o Gallery é um serviço web auto-hospedado. Ele não usa nada como o Tomcat ou o Apache, é um serviço web auto-hospedado que se registra com a configuração do endereço base que detecta solicitações da web desse local.       Como posso gerenciar alta disponibilidade e backups de dados?   GARY SCHWARTZ – Para alta disponibilidade, trata-se de redundância na arquitetura e, como a arquitetura é projetada para escalonar horizontalmente, a plataforma oferece suporte a ela. Na perspectiva do Gallery, é possível dimensionar para ter vários nós do Gallery atrás de um balanceador de carga. Se um nó falhar, ele ainda receberá tráfego enquanto você recupera o outro e o coloca em operação novamente. Em segundo lugar, voltando ao que o Steve disse sobre aumentar o rendimento dos fluxos de trabalho por meio do escalonamento horizontal dos seus nós de trabalho… Quanto mais nós de trabalho você tiver, maior disponibilidade terá para executar fluxos de trabalho. Por isso, é bom monitorar o uso do sistema. Se os nós de trabalho estiverem sendo executados continuamente com capacidade total, será necessário adicionar mais nós para obter mais capacidade. Nós certamente recomendamos que se faça o backup dos dados. O primeiro passo para isso é escalonar horizontalmente sua base de dados incorporada do MongoDB para posicionar vários conjuntos de réplicas do Mongo em nós separados, o que proporcionará backup e redundância imediatos. Também recomendamos seguir as recomendações do MongoDB para backups. Existem várias estratégias para isso.  Nós utilizamos intervalos regulares de backups incrementais, de maneira que temos um backup de base com instantâneos incrementais ao longo do processo, sem a necessidade de fazer backups completos o tempo todo. Ocasionalmente, fazemos backups completos.   KORY CUNNINGHAM – De fato, temos um recurso de backup e restauração disponível para capacidades básicas de backup na instância incorporada do MongoDB. Entretanto, se estiver procurando uma solução de alta disponibilidade que seja altamente redundante, recomendamos uma implantação de vários nós gerenciada pelo usuário de uma implantação do MongoDB.     STEVE AHLGREN – Eu também acrescentaria que, se estivesse executando no AWS, eu configuraria a distribuição regional. O Amazon sofre interrupções. Mesmo em nosso próprio Gallery público já tivemos interrupções, e a distribuição regional garante quase 100% de tempo de atividade. Em termos de backup, é fácil configurar os instantâneos do EBS se você estiver executando no EC2. É possível configurar os instantâneos do EBS e backups completos para toda semana ou a cada dois dias.       Como você monitora uma implantação do servidor?   STEVE AHLGREN – Existem várias maneiras diferentes de monitorar implantações. Cada componente no servidor possui sua própria infraestrutura de registro em log. O Gallery front-end grava seus próprios logs, o back-end também tem sua própria estrutura usando níveis de syslog, e o banco de dados do Mongo possui sua própria estrutura de registro em log.  Então, existe um registro em log extensivo em cada camada da arquitetura do servidor. Sugerimos que todos coletem esses logs e utilizem o Alteryx. A Alteryx utiliza o Alteryx para coletar nossos próprios logs. Também desviamos os logs para o Amazon S3, onde eles podem ser importados para ferramentas de terceiros como Logstash e Loggly, mas o Alteryx provavelmente constitui toda a ferramenta de registro em log que você precisa para isso. Em relação a outros recursos de monitoramento, também recomendamos a utilização de serviços como o Amazon CloudWatch para monitorar a integridade do sistema, como CPU e memória, o que proporciona um indicador antecipado de complicações ou problemas. Também recomendamos o monitoramento de banco de dados back-end com o MongoDB Cloud Manager para monitorar questões como consultas lentas e acesso a dados com paginação extensa, ambos os quais poderiam indicar um problema. Outra ferramenta de monitoramento de terceiros que usamos é o New Relic, usado para monitorar os nós de front-end em uma arquitetura de servidor de várias camadas. Utilizamos o New Relic em combinação com o Amazon CloudWatch para monitorar a integridade do computador em relação a, por exemplo, processos importantes do Gallery, carga pesada de CPU e tráfego de rede. Mas também incluímos um Aplicativo de relatórios e monitoramento do uso do Server, que é executado dentro do Alteryx no Server para monitorar, por exemplo, o número de usuários atuais, o número médio de trabalhos na fila de execução e o tempo de execução dos trabalhos – ou seja, um monitoramento básico útil para gerenciar o Server.   Quais permissões de usuário e controles de acesso a dados estão disponíveis?   KORY CUNNINGHAM - No Gallery, é possível gerenciar os usuários e fornecer a esses usuários vários níveis de acesso a dados para funções diferentes de usuário. Do Visualizador básico, que é um acesso básico de exibição apenas, onde os usuários podem somente executar fluxos de trabalho, até o que chamamos de Artesão, que são aqueles usuários que contribuem para o conteúdo, upload de fluxos de trabalho e criação de aplicativos na galeria para compartilhamento com outros usuários, e finalmente ao que chamamos de função de Curador, que é um papel de administração e gerenciamento da galeria. Para os Artesãos que criam conteúdo, os fluxos de trabalho são armazenados no que chamamos de "Estúdios". Os estúdios são basicamente pastas de projetos restritas, de onde vários analistas podem compartilhar, colaborar e publicar fluxos de trabalho que só eles podem ver. A partir daí, eles podem compartilhar esses fluxos de trabalho com outros Estúdios ou com outros usuários, o que proporciona uma outra maneira de controlar o gerenciamento de acesso a dados.  Com o Alteryx Server, respeitamos as regras e os níveis de permissão que você define no nível da base de dados. Assim, é possível definir permissões globais conforme as quais todos os fluxos de trabalho são executados. Na versão 10.5, fornecemos ainda mais flexibilidade, possibilitando a definição de permissões no nível individual para a execução dos fluxos de trabalho. Nós estamos sempre expandindo as capacidades dos produtos Alteryx, então fique atento aos lançamentos futuros! (Nota do editor: consulte o vídeo do Kory sobre como respeitar a governança de dados com análise self-service de dados para obter mais informações)   POR ENQUANTO, É ISSO! OBRIGADO!   Um super obrigado a Kory, Gary e Steve por terem participado e respondido algumas das perguntas que recebemos sobre o Alteryx Server. Se tiver mais dúvidas, fique à vontade para nos enviar perguntas aqui para o Community ou baixar o relatório "Alteryx Server: Escalonando a análise self-service de dados para empresas".   Josh Howard                      
Ver artigo completo