comunidade
cancelar
Mostrando resultados para 
Pesquisar então 
Você quer dizer: 

Base de conhecimento - Português

Este artigo faz parte da Série Domínio de Ferramentas, uma compilação de contribuições da Base de conhecimento para apresentar diversos exemplos de trabalho para as ferramentas do Designer. Aqui, exploraremos usos para a ferramenta Tabela de referência cruzada, como parte de nosso percurso para dominar o Alteryx Designer:   Às vezes, você olha para o amontoado de dados na sua frente e se pergunta como poderá organizá-lo da maneira que precisa. Cada opção parece exigir uma grande quantidade de trabalho manual e, sendo o profissional em combinação de dados que você é, isso é algo que você não irá tolerar.   Em situações como essas, talvez você queira agitar um pouco as coisas. Não há melhor ferramenta para isso do que a Tabela de referência cruzada, uma poderosa ferramenta que permite remodelar seus dados do jeito que quiser, permitindo assim abordar seu problema de um novo ângulo. Neste artigo, vou demonstrar alguns casos de uso para mostrar como aproveitar essa ferramenta incrível.   Caso de uso 1: extrair dados dinâmicos de modo mais fácil por meio da atribuição de grupos   Os dados? Você recebe uma lista que se parece com o primeiro campo (Field_1) abaixo. O PMID é o número identificador (ID) de um artigo de um periódico médico em um banco de dados. Cada FAU se refere a outro autor no artigo. Um artigo pode ter qualquer número de autores.     O objetivo? Uma tabela com números de ID no primeiro campo e colunas correspondentes para autores.     Como? Prepare os dados filtrando e separando o identificador. A terceira coluna acima, "Field_12", mostra os dados utilizáveis. Use uma Fórmula de múltiplas linhas para identificar a coluna de ID e as colunas de autor exclusivamente. Nesse caso, cada número de ID é representado por "0" e os autores são contados de zero até que se atinja outro ID. Veja a coluna "Headers" (cabeçalhos). Use outra Fórmula de múltiplas linhas para associar cada grupo de cabeçalhos entre si. Cada grupo é basicamente um identificador de registro - identifica um único artigo na base de dados. Veja a coluna "Groups" acima. Tabela de referência cruzada! Por meio dessas colunas de identificação, é possível deslocar seus dados para que cada um dos Cabeçalhos crie uma coluna e cada um dos Grupos crie uma linha. Veja a janela de configuração na primeira imagem acima.   Caso de uso 2: realizar cálculos dinamicamente para qualquer quantidade de campos   Os dados? Um punhado de campos numéricos, ilustrados abaixo. Eles são agrupados por um campo de categoria (Category) e você adicionou um campo identificador exclusivo para cada registro (RecordID).     O objetivo? Médias móveis para cada coluna dentro de sua respectiva categoria.     Como? Em vez de gerar uma fórmula de múltiplas linhas para cada coluna, tente Transpor tudo para uma única coluna e marque como Campos-chave "RecordID" e "Category". Veja a janela de configuração na primeira imagem. Isso resulta na saída abaixo. Embora possa parecer ainda mais difícil de trabalhar, isso permite que você calcule a média móvel de uma só vez. Utilize uma ferramenta Fórmula de múltiplas linhas para calcular uma média. Você pode facilmente evitar selecionar os valores errados utilizando a opção Agrupar por - marque “Category” e “Name”. Certifique-se também de definir Valores de linhas que não existem para a linha válida mais próxima. Reestruturar usando a Tabela de referência cruzada! (Agrupar por “RecordID”, cabeçalhos de “Name”, dados de “r3”)   Caso de uso 3: lógica complicada facilitada com metodologias de Tabela de referência cruzada   Os dados? Você tem uma lista de todas as combinações possíveis de 5 itens. Para cada combinação, um número de linhas correspondente ao número de itens lista o peso e o valor de cada item - isto é, a combinação 123 será representada três vezes, com informações para o item1, item2 e item3.     O objetivo? Você deseja otimizar a sua seleção de itens para atender a determinados critérios, como peso mínimo e valor máximo.          Como? Utilize uma ferramenta Fórmula para adicionar uma coluna para o peso, "Weight", conforme mostrado na primeira imagem. Utilize a Tabela de referência cruzada com o método "Soma" para encontrar o peso combinado de todos os itens em cada combinação. O cabeçalho "Weight" agrupará todos os valores de "kg" e o agrupamento por "Combinações" criará uma linha para cada combinação. Repita isso para "Value" ($).  Dica de profissional: renomear campos     Uma desvantagem da ferramenta Tabela de referência cruzada é que ela não funciona bem com caracteres especiais em cabeçalhos de campo, incluindo espaços. Isso significa que, se você tiver um cabeçalho de campo "a a", ele será exibido como "a_a". Sei que isso pode ser um pouco inconveniente, mas, quando estávamos desenvolvendo o mecanismo Alteryx, demos prioridade para velocidade e eficiência em vez de manter os cabeçalhos de campo com boa aparência. Mas não se preocupe - há uma solução totalmente viável para esse problema (mais de uma, na verdade!), que utiliza uma ferramenta fantástica chamada Renomeação dinâmica. Geralmente, prefiro fazer isso desta forma:     Para os fluxos de trabalho mostrados nesses casos de uso, consulte o pacote suplementar do Alteryx. É possível que você receba um erro ao extrair o conteúdo, mas isso não afetará a execução do fluxo de trabalho.   A esta altura, você já aprendeu a ponto de ter a proficiência de um especialista na ferramenta Tabela de referência cruzada! Se puder pensar em um caso de uso que deixamos de fora, não hesite em usar a seção de comentários abaixo! Você já se considera um mestre das ferramentas? Entre em contato conosco pelo e-mail community@alteryx.com caso queira que seus usos criativos para ferramentas sejam exibidos na Série Domínio de Ferramentas.   Fique atento às nossas publicações mais recentes de Tool Tuesday toda terça-feira seguindo a Alteryx no Twitter! Se quiser dominar todas as ferramentas do Designer, inscreva-se para receber notificações por e-mail.
Ver artigo completo