comunidade
cancelar
Mostrando resultados para 
Pesquisar então 
Você quer dizer: 

Base de conhecimento - Português

Este artigo faz parte da Série Domínio de Ferramentas, uma compilação de contribuições da Base de conhecimento para apresentar diversos exemplos de trabalho para as ferramentas do Designer. Aqui, exploraremos usos para a ferramenta Fórmula de múltiplas linhas, como parte de nosso percurso para dominar o Alteryx Designer:   A ferramenta Fórmula de múltiplas linhas funciona de maneira muito semelhante à ferramenta Fórmula normal, mas inclui a capacidade de fazer referência a múltiplas linhas de dados em uma única expressão. Digamos, por exemplo, que alguém estivesse no andar térreo de uma casa e tivesse uma ferramenta Fórmula. Essa pessoa só poderia conversar com outras pessoas que também estivessem no térreo. Se ela tivessem uma ferramenta Fórmula de múltiplas linhas, também seria capaz de conversar com as pessoas no andar de cima, no sótão e no porão.       A ferramenta Fórmula de múltiplas linhas permite que o usuário atualize um campo existente ou crie um novo. Ambas as opções podem ser muito úteis, e há muitos casos de uso para cada uma. Os casos de uso descritos abaixo estão anexados no fluxo de trabalho da v11.0 Multi-Row.yxmd.     Atualizar campo existente   "Preenchendo" um campo: Muitas vezes, os dados podem ser organizados de maneira a ficar com uma aparência agradável no Excel, mas que não é realista para se trabalhar no Alteryx. Nesses casos, a melhor opção é "preencher" colunas com valores ausentes.      No caso acima, apenas a primeira pessoa de cada família tem seu sobrenome preenchido. Portanto, gostaríamos de modificar esse campo de sobrenomes, "Family", onde ele apresenta Null(). Isso pode ser realizado com facilidade da seguinte maneira:     Para trazer variáveis e funções de forma fácil para a caixa de expressão, basta clicar duas vezes sobre elas dentro da guia correspondente em Configuração.   Criar novo campo: Crie um identificador exclusivo para cada pessoa no grupo: Agora que os dados estão limpos, queremos adicionar um ID exclusivo para cada pessoa de acordo com a família a que pertence. Para isso, vamos configurar a ferramenta Fórmula de múltiplas linhas da seguinte maneira:     Ao criar um novo campo, o usuário pode selecionar de que tipo será. Aqui, Int 16 foi escolhido. Observe que estamos agrupando por "Family", pois queremos que o ID seja exclusivo para cada sobrenome, mas ele pode começar de novo com sobrenomes diferentes. Esse novo campo "ID" pode ser utilizado mais tarde como um identificador com ferramentas como Filtrar, Sumarizar e outras.     Faça cálculos: O que seria de uma ferramenta de múltiplas linhas sem a capacidade de fazer referência a mais do que apenas as linhas diretamente antes ou diretamente depois dela? Ao alterar o valor em Número de linhas na Configuração, é possível aumentar o número de linhas que você pode utilizar em suas expressões.   Neste exemplo, aumentamos o número de linhas para 2. Observe como agora há mais variáveis para selecionar na seção central da Configuração. Porque queremos o total acumulado por sobrenome, agrupamos novamente pelo campo "Family".     Esse método pode ser estendido para gerar totais acumulados em vários cenários diferentes, incluindo vendas monetárias, contagens de itens e muito mais.      Agora, queremos calcular o valor médio de tempo total de tela ("Total Screen Time") por família. Nesta caixa de expressão da ferramenta Fórmula de múltiplas linhas, usando a função "average" para calcular a média, escrevemos:    iif([ID]=3,average([Row-2:Total Screen Time],[Row-1:Total Screen Time],[Total Screen Time]),iif([ID]=2,average([Row-1:Total Screen Time],[Total Screen Time],[Row+1:Total Screen Time]),average([Row+2:Total Screen Time],[Row+1:Total Screen Time],[Total Screen Time])))   Isso verifica o valor de ID de cada linha e personaliza a fórmula para gerar uma média utilizando as linhas corretas.      Diferença do anterior: A última configuração para essa ferramenta, de que ainda não tratamos, é o menu suspenso Valores para linhas que não existem. Isso indica ao Alteryx o que utilizar quando uma fórmula precisar do valor de uma linha que não existe (daí o nome do menu suspenso). Isso aconteceria, por exemplo, ao calcular um valor para a primeira linha de dados quando a expressão contiver uma variável Linha -1 [Row-1]. O usuário pode escolher o valor da linha inexistente.   Neste exemplo, a linha que não existe é definida para a linha válida mais próxima. Dessa forma, quando a fórmula tenta utilizar [Row -1: Total Screen Time] na linha 1 e percebe que ela não existe, a fórmula usa o valor da linha 1. Isso resulta na diferença de 0 que você vê na saída (figura mais abaixo).       Uma ferramenta Ordenar foi colocada antes dessa ferramenta Fórmula de múltiplas linhas para classificar o tempo total de tela em ordem decrescente. A fórmula acima criou um campo que é a diferença entre o tempo total de tela da linha atual e o tempo total de tela da linha anterior. Isso facilita a visualização de quanto tempo de tela a mais cada pessoa precisa para alcançar a pessoa à sua frente.     Muitas vezes a ferramenta Fórmula de múltiplas linhas é utilizada em combinação com a ferramenta Tabela de referência cruzada. Isso é particularmente útil se você estiver tentando transformar algumas colunas de dados em uma tabela. Um membro do Alteryx Community teve exatamente esse problema e conseguiu resolvê-lo nesta postagem.   A ferramenta Fórmula de múltiplas linhas só pode atualizar um campo por instância de ferramenta. Se desejar atualizar vários campos (e se sentir confortável usando a ferramenta Fórmula de múltiplas linhas e a ferramenta Fórmula de múltiplos campos), experimente esta macro que foi postada no Alteryx Gallery público.   A esta altura, você já aprendeu a ponto de ter a proficiência de um especialista na ferramenta Fórmula de múltiplas linhas! Se puder pensar em um caso de uso que deixamos de fora, não hesite em usar a seção de comentários abaixo! Você já se considera um mestre das ferramentas? Entre em contato conosco pelo e-mail community@alteryx.com caso queira que seus usos criativos para ferramentas sejam exibidos na Série Domínio de Ferramentas.   Fique atento às nossas publicações mais recentes de #ToolTuesday toda terça-feira seguindo a @alteryx no Twitter! Se quiser dominar todas as ferramentas do Designer, inscreva-se para receber notificações por e-mail.
Ver artigo completo
Uma das melhores coisas no Alteryx é a capacidade de ler múltiplos arquivos de maneira muito fácil e combiná-los automaticamente em um único conjunto de dados. Isso fica um pouco mais complicado ao trabalhar com arquivos contendo diferentes esquemas ou arquivos do Excel com múltiplas guias. A capacidade de adicionar vários arquivos do Excel com múltiplas guias e de alterar o esquema dentro de cada guia coloca o Alteryx em outro patamar.   Se suas guias tiverem o mesmo esquema, o artigo para você está aqui.   A maneira de realizar essa tarefa se as guias tiverem (ou puderem ter) esquemas diferentes (os nomes do campos mudam dependendo da planilha) é utilizar macros aninhadas em lote. Anexei um fluxo de trabalho de amostra criado na versão 11.0 que demonstra o processo.     No fluxo de trabalho principal ilustrado acima, a entrada da ferramenta Diretório traz os caminhos de arquivo de todos os arquivos XLSX no diretório para o qual você está apontando (observe que você pode precisar redirecionar essa ferramenta do exemplo para um diretório em seu computador).     A maior parte da mágica acontece na macro mostrada acima. Essa macro usa o campo FullPath e atualiza a ferramenta Dados de entrada principal para ler o primeiro arquivo na lista da Entrada de diretório. Ela está configurada para ler a lista de nomes de planilhas dentro desse primeiro arquivo, mas também para gerar o caminho completo (Full Path) a partir da ferramenta Dados de entrada. Um novo campo é formatado na Fórmula para um caminho de arquivo completo aceitável para um arquivo de Excel, incluindo o nome da planilha desejada. Esse caminho final do arquivo é passado para a segunda macro como o parâmetro de controle.   A segunda macro é muito simples. Ela pega o caminho de arquivo recebido da primeira macro, atualiza a ferramenta Dados de entrada, lê o arquivo e depois o repassa para a primeira macro. Ela repete esse processo uma vez para cada planilha em cada um dos arquivos que estão sendo passados pela ferramenta Diretório.   Cada macro de lote armazena os dados até que cada lote seja concluído e combina todos em um grande conjunto de dados.   Observação: o amostra foi criada na versão 11.0 - não abrirá em versões anteriores.
Ver artigo completo
Neste artigo, veremos como aproveitar uma macro de lote para ler múltiplas planilhas de múltiplos arquivos do Excel usando a versão 10.0 do Designer. Os dois arquivos do Excel usados no exemplo são chamados Fruits e Vegetables, com planilhas chamadas Apples, Oranges, Broccoli e Spinach, respectivamente.   O primeiro passo será ler a lista de nomes das planilhas de um dos arquivos do Excel usando uma ferramenta Dados de entrada. Esse é um novo recurso da versão 10.0 e é um excelente contributo quando usado em conjunto com a ferramenta Entrada dinâmica.   Podemos, então, conectar nossa ferramenta Dados de entrada da etapa anterior a uma ferramenta Entrada dinâmica. Na configuração, utilize o mesmo arquivo do Excel usado como modelo de fonte para a ferramenta Dados de entrada. Podemos utilizar o campo "Sheet Names" (Nomes das Planilhas) da nossa ferramenta Dados de entrada como a Lista de fontes de dados e nossa ação será Alterar nome do arquivo/tabela.   Agora estamos prontos para adicionar nossas ferramentas de Interface à tela. Arraste uma ferramenta Parâmetro de controle, duas ferramentas Ação e uma Saída de macro. Conecte o Parâmetro de controle às duas ferramentas Ação e, em seguida, conecte-as à Dados de entrada e à Entrada dinâmica. A Saída de macro será conectada à âncora de saída da Entrada dinâmica.   Na configuração da nossa ferramenta Ação, o tipo de ação será Atualizar valor. Queremos atualizar o Arquivo – valor que está sendo passado para as ferramentas Dados de entrada e Entrada dinâmica. No entanto, precisaremos atualizar apenas a parte da cadeia de caracteres sem o nome da planilha, motivo pelo qual também selecionaremos Substituir uma cadeia de caracteres específica: isso permitirá que nosso processo aconteça em lote para vários arquivos.   Por fim, se nossos arquivos do Excel tiverem esquemas diferentes, podemos ajustar, no Interface Designer, a macro para Configurar automaticamente por nome ou posição, para que nosso fluxo de trabalho não gere erros. Observação: as planilhas dentro de um mesmo arquivo deverão ter o mesmo esquema. Agora estamos prontos para salvar a macro e colocá-la em uso!   Agora, em uma nova tela, podemos colocar uma ferramenta Diretório (se todos os seus arquivos do Excel estiverem em um só diretório) ou podemos utilizar uma Entrada de texto para inserir manualmente cada local de caminho de arquivo individual. Após a ferramenta Diretório ou Entrada de texto, insira sua macro (clique com o botão direito do mouse na tela->inserir->macro) e escolha o caminho completo (FullPath) na configuração da macro. Adicione uma ferramenta Navegar, aperte executar e veja os resultados!     Agora podemos ler múltiplas planilhas do Excel contidas em múltiplos arquivos do Excel!   O pacote de fluxo de trabalho anexo inclui um fluxo de trabalho, uma macro de lote e arquivos do Excel criados no Alteryx v.10.0   Tony Moses Representante de Assistência ao Cliente  
Ver artigo completo
Um dos excelentes recursos da ferramenta Dados de saída é a opção de obter o nome do arquivo ou da tabela (ou parte dele) com base em um campo. Isso permite que você anexe um sufixo ou um prefixo, altere o nome inteiro do arquivo ou o caminho completo do arquivo. Também é possível escolher entre manter ou não o campo na saída.   Um caso em que isso é extremamente útil é quando você tem um processo que é executado regularmente, mas não quer substituir o arquivo de saída toda vez. É possível utilizar a função datetimetoday() (funções de data e hora) para encontrar a data de hoje e, então, usar isso para atualizar o nome do arquivo.    Para arquivos do Excel, as coisas funcionam de maneira um pouco diferente por causa do formato do nome do arquivo como nomedoarquivo.xslx|||NomedaPlanilha.   A opção Alterar nome do arquivo/tabela atualizará o nome da planilha, não o nome do arquivo.   Para atualizar o nome do arquivo, é necessário selecionar a opção Alterar todo o caminho do arquivo. A montante, você terá que criar um campo que contenha todo o caminho do arquivo. Aqui está um exemplo de um caminho de arquivo completo que utiliza a data de hoje como o nome do arquivo:    "C:/Users/username/Documents" + DateTimeFormat(datetimetoday(),"%Y_%m_%d") + ".xlsx|||Sheet1"   Consulte o fluxo de trabalho em anexo para obter exemplos de como atualizar um arquivo do Excel e um arquivo CSV com a data de hoje. 
Ver artigo completo