Base de conhecimento - Português

PROGRAMA ADAPT!

Destinado às pessoas que foram afetadas profissionalmente pelo COVID-19.

CONFIRA TODOS OS DETALHES
PROGRAMA ADAPT!

Destinado às pessoas que foram afetadas profissionalmente pelo COVID-19.

CONFIRA TODOS OS DETALHES
Este artigo faz parte da série Domínio de Ferramentas, uma compilação de contribuições da Base de Conhecimento para apresentar diversos exemplos para as ferramentas do Designer. Vamos nos aprofundar nos usos da ferramenta Entrada Dinâmica como parte da nossa jornada para dominar o Alteryx Designer:   Para a maioria das ferramentas que já tem a palavra “dinâmica” no próprio nome, seria redundante dizer que elas estão entre as ferramentas mais dinâmicas do Designer... mas esse não é o caso da Entrada Dinâmica! Usando a configuração básica, a ferramenta Entrada Dinâmica permite que você especifique um modelo (que pode ser um arquivo ou uma tabela da base de dados) e, a partir daí, insira qualquer número de tabelas lendo uma lista de outras fontes ou modificando consultas SQL (desde que as tabelas correspondam ao formato do modelo – estrutura/esquema). Isso é especialmente útil no caso de conjuntos de dados periódicos, mas a utilização dessa ferramenta vai muito além da sua configuração básica. Para auxiliar você na combinação de dados, catalogamos diversos usos que tornam a ferramenta Entrada Dinâmica tão versátil. Para ver alguns desses exemplos em ação, baixe o fluxo de trabalho  em anexo Entrada Dinâmica.yxzp.     Ler várias planilhas de um mesmo arquivo do Excel ao mesmo tempo   Digamos que você tenha um arquivo do Excel contendo várias planilhas, uma para cada mês do ano por exemplo. Você quer trazer todas essas planilhas para o Designer ao mesmo tempo:     Vamos começar trazendo para o Designer uma lista dos nomes das planilhas. Arraste a ferramenta Dados de Entrada para a tela e use a seta suspensa para conectá-la ao seu arquivo de interesse. Na caixa de diálogo Selecionar entrada do Excel, marque a opção Importar somente a lista de nomes das planilhas:     Agora arraste a ferramenta Entrada Dinâmica. Primeiro vamos escolher uma planilha que vai servir de modelo para ler o esquema/formato de todas as outras:       Neste ponto, o Designer mostra uma pré-visualização da planilha que você selecionou como modelo. Se quiser adicionar uma coluna mostrando de qual planilha vem cada linha de dados, configure o campo Gerar campo com o nome do arquivo com a opção Caminho completo:   Prontinho! Todos os dados de todas as planilhas são empilhados e a coluna "FileName" mostra exatamente de qual delas cada linha veio!      Quer um bônus? Abra o fluxo de trabalho em anexo para conferir como substituir esses caminhos longos da coluna "FileName" somente pelo nome de cada planilha, assim:       Ler diferentes arquivos ao mesmo tempo   Para fazer isso com a ferramenta Entrada Dinâmica (também é possível ler arquivos que estão no mesmo diretório usando um caractere curinga na ferramenta Dados de Entrada), você precisa apenas indicar a coluna que contém os locais dos arquivos em Ler uma lista de fontes de dados e selecionar a ação Alterar todo o caminho do arquivo . A ferramenta  Diretório  é bastante utilizada para listar arquivos.   Vamos ver como isso funciona mais de perto. Arraste a ferramenta Diretório para a tela e selecione a pasta que contém os arquivos que você deseja trazer para o Designer. Veja que, para o nosso exemplo, eu forneci uma especificação de arquivo porque, no nosso caso, todos os arquivos em que estamos interessados começam com a palavra "Arquivo". Se os arquivos em que você está interessado são somente os arquivos .csv contidos na pasta, por exemplo, você pode usar a especificação *.csv . Caso contrário, deixe a especificação de arquivo padrão *.* .     Perceba que o primeiro campo gerado pela ferramenta diretório é chamado "FullPath" e contém o caminho completo de todos os arquivos da pasta indicada. É ele que vamos usar na nossa ferramenta Entrada Dinâmica:     Arraste a ferramenta Entrada Dinâmica para a tela e conecte-a à ferramenta Diretório. Escolha um modelo, exatamente como fizemos no exemplo anterior. Desta vez, configure o campo Gerar campo com o nome do arquivo com a opção Somente nome do arquivo:     De volta à janela de configuração, escolha o campo "FullPath" (que contém todos os caminhos dos arquivos) e selecione Alterar todo o caminho do arquivo. E e só! Nos resultados você já pode ver todos os dados de todos os arquivos empilhados, com uma coluna extra indicando de qual arquivo veio cada linha de dados:     Outros usos para a ferramenta Entrada Dinâmica   Modificar consultas SQL para substituir cadeias de caracteres, atualizar cláusulas WHERE, aplicar filtros espaciais e editar procedimentos armazenados para a sua entrada. Você pode encontrar um exemplo de como isso funciona no fluxo de trabalho em anexo. Como não temos acesso às mesmas conexões de base de dados, a consulta SQL utilizada no nosso fluxo de trabalho simplesmente seleciona todos os registros do mesmo arquivo do Excel usado no exemplo anterior. Se em vez disso você conectar uma base de dados SQL, você poderá ver o Editor SQL selecionando “Tabela ou Consulta”:   Usar uma macro de lote no Designer para importar múltiplas planilhas de diferentes arquivos do Excel  - aprenda mais neste artigo.   Procurando mais informações sobre como utilizar a ferramenta Entrada Dinâmica? Dê uma olhada nesta lição interativa da Comunidade em português e neste vídeo de treinamento ao vivo. Para saber mais sobre entrada de dados em geral, confira também o artigo  Ultimate Input Data Flowchart.   Recursos adicionais: - Artigo do Domínio de Ferramentas sobre Dados de Entrada - Lição Interativa sobre como Inserir dados no seu fluxo de trabalho   A esta altura, você já deve ter a proficiência de um expert na ferramenta Entrada Dinâmica! Agora, se você já é um especialista em outras ferramentas do Designer, contribua para o Blog da Comunidade compartilhando suas experiências e nos contando como e para que você usa as nossas ferramentas no seu dia a dia. Se tiver interesse em contribuir com um blog, envie um e-mail para flavia.brancato@alteryx.com para ter acesso à seção.   Toda segunda-feira vamos trazer uma ferramenta nova para a nossa seleção. Com isso, adoraríamos saber qual é a sua favorita ou qual ferramenta você gostaria de ver aqui na Comunidade na próxima semana. Não esqueça de se inscrever no painel da Base de Conhecimento para ser notificado das novidades!   *Este texto é uma adaptação do artigo original escrito por @MattD na Comunidade em inglês
Ver artigo completo
Seja compartilhando uma experiência usando o Alteryx, seja para tirar alguma dúvida, seja para dar um oi, ou mesmo para conhecer melhor os membros incríveis da nossa Comunidade!   Para facilitar a comunicação e a interação dos membros, contamos com alguns recursos super úteis para compartilharmos informações e trocarmos ideais e sugestões.   O Fórum é basicamente um “suporte” entre os membros, incluindo parceiros, colaboradores e clientes da Alteryx. Você pode ficar à vontade para perguntar o que quiser. Não existe nível de conhecimento. Aqui estamos todos no mesmo barco para aprender e ensinar. Use os fóruns para aprofundar suas ideias, pedir feedback ou simplesmente lançar uma questão em um ambiente mais casual. Dica: participar do Fórum é a maneira mais rápida de obter soluções e também de alcançar o status de Principal Contribuidor!   Para compartilhar suas experiências usando o Alteryx, reservamos o espaço Casos de uso. Lá você tem a oportunidade tanto de mostrar a estrutura do seu fluxo de trabalho, implementações e práticas adotadas, como pesquisar e acompanhar outros casos de uso compartilhados pelos membros da Comunidade.   No Blog você encontrará as últimas novidades sobre a Alteryx e notícias gerais da Comunidade, incluindo dicas de especialistas e informações relevantes sobre a ciência e análise de dados no mundo inteiro.   Com tanta referência e dados significativos no setor, disponibilizamos o canal Base de conhecimento para publicações de conteúdo e artigos confiáveis desenvolvidos por especialistas dos produtos. Os artigos da Base de conhecimento são uma extensão da documentação oficial, mas geralmente são mais aprofundados e se concentram em tutoriais e práticas recomendadas, em vez de opções estritas de configuração, por exemplo.   E para fechar com chave de ouro, contamos ainda com os Grupos de usuários. Essencialmente, esses Grupos são organizações voluntárias independentes criadas, organizadas e gerenciadas por usuários que se reúnem localmente e virtualmente durante o ano todo. É o lugar perfeito para fazer networking, compartilhar ideias, experiências e práticas recomendadas. Por enquanto temos apenas o Grupo de usuários de São Paulo (já com membros interessados para iniciar o Grupo de usuários do Rio de Janeiro) e estamos mais do que abertos para receber sugestões de outras possível regiões.   Continuamos contando com a colaboração de vocês enquanto desenvolvemos novas parcerias e novos canais para compartilharmos nossas experiências!   Obrigada Comunidade!
Ver artigo completo